[ editar artigo]

A Camponesa

A Camponesa

METÁFORA – PNL (2013)
De: PRISCILA/Para: OLINDA GUEDES

Era uma vez uma linda camponesa, muito sorridente e curiosa. Todos os dias, ela perguntava para si mesma e para os outros camponeses:
- O que é essa tal felicidade? Você a conhece? Alguns sorriam para ela, outros apenas balançavam a cabeça... alguns ficavam pensativos. E a camponesa cada vez mais sorridente e curiosa.

Decidiu então, passear pelos campos, colher flores, ler algumas histórias e observar as pessoas. Depois de algum tempo, ela cresceu, mudou-se para uma linda casa que ficava entre a cidade e o campo e deixou a casa parecendo um jardim. Plantou flores, cuidou de uma linda árvore que crescia no quintal. Sentiu-se tranquila, em paz, serena e com muita segurança.

Agora a camponesa já havia entendido o que era a felicidade que tanto queria conhecer! E aprendeu que todos podem sim “aprender” e serem felizes. Decidiu então, ensinar a muitos camponeses e também para as pessoas da cidade, como encontrar essa tal felicidade. E conheceu nessa conversas um lindo camponês... Agora sim! A felicidade brilhava em seus olhos!

Assim, todos os dias reunia muitas pessoas em sua bela casa, rodeada de flores, pintada com amor e com uma grande árvore no quintal. 

Nos dias ensolarados, em alguns momentos, levava todos até a sombra  da árvore, olhava-os nos olhos, e repetia sempre: 

- Eu vejo você! Enquanto suas crianças brincavam no quintal sempre observando sua linda mamãe...

Agora, aquela linda camponesa, dia após dia, ajuda muitas pessoas a descobrirem que a felicidade está dentro de cada um e que com tranquilidade, leveza, segurança, sempre faremos as melhores escolhas e colheremos os melhores frutos que a linda árvore da vida tem a nos oferecer!

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você