[ editar artigo]

A carta coronavírus para a humanidade

A carta coronavírus para a humanidade

O texto abaixo é uma tentativa de cópia da legenda: Carta do COVID-19 para humanidade que nos faz refletir o que foi feito com o planeta, e só uma pandemia para nos fazer parar e agora não basta o pânico, mas solidariedade, calçar a sandália dos idosos, pessoas deficientes, com doenças crônicas... sem alimentos, sem água, sem um pedaço de sabão para higienização. A população em situação de rua, os recicladores, os índios, enfim, são tantos irmãos, irmãs que precisam de mim, de você para sobreviver a esta tempestade.

Não posso dar um abraço, dar um beijo, mas posso doar uma cesta de alimentos, produtos de higienes, fazer uma prece, cuidar da minha higiene.  A solidariedade, união, partilha , amor é o melhor remédio.

Sinto muito por toda destruição, sinto muito, sinto muito, me perdoe, me perdoe, eu vejo você, você é importante para humanidade, te amo, te amo, te amo, te amo.

Pare! Simplesmente pare!

Pare! Não se mova. Isto não é um pedido. É uma ordem! Eu estou aqui para ajudar você. Essa montanha russa supersônica está descarrilhando.

Chega de aviões, trens, escolas, centros comerciais ou encontros...

Nós quebramos o frenético porto de ilusões e obrigações que impediam-nos de erguer os olhos para céu, olhar as estrelas, ouvir o mar, ser embalado pelo canto dos pássaros, deitar nos campos, colher uma maçã do pé, acariciar um animal da fazenda, respirar o ar da montanha, e ter bom senso. Nós tivemos que rescindir.

Vocês não podem brincar de ser Deus. A nossa obrigação é reciproca. Como sempre foi ainda que vocês tenham se esquecido.

Nós estamos interrompendo esta transmissão, esta infinita transmissão catastrófica de separação e distração para levar à você esta notícia: Não estamos bem! Nenhum de nós está. Estamos sofrendo!!! A tempestade de fogo a qual queimamos os pulmões da terra, não os fez parar, nem o fato das geleiras estarem derretendo. Não é sua cidade que vem se deteriorando. Na certeza de saber que vocês, são os únicos responsáveis pela sexta extinção em massa. Vocês não me ouviram. É difícil escutar isto, quando estão tão ocupados, lutando para subir cada vez mais alto e atingir o topo do capitalismo, por puro egocentrismo, a estrutura está cedendo, os recursos estão se esgotando com o peso da ambição e egoísmo de todos.

Eu irei te ajudar!

Vou enviar uma tempestade de fogo para seus corpos, e os isolarei como os ursos polares que estão nos icebergs que boiam no meio do oceano.

Vocês me escutam agora?

Nós não estamos bem!

Eu não sou inimigo, sou apenas um mensageiro, sou um aliado. Eu sou a força que irá restabelecer o equilíbrio, agora vocês precisam me escutar.

Eu estou implorando para vocês pararem.

Parem!

Escutem!!!

Agora olhem para o céu... Como está?

Não há mais aviões.

Quão doentes vocês precisam ficar para conseguirem estender a importância do oxigênio que você respira?

Olhem para o oceano.

Como ele está?

Olhem para os rios.

Como eles estão?

Olhem para terra.

Como ela está?

Olhe-se no espelho.

Como você está?

Não é possível estar saudável, em um ecossistema, doente como o nosso.

Pare! Muitos estão com medo, agora não amaldiçoe o seu medo. Não se deixe dominar.

Me permita falar. Escute o que sua consciência tem a dizer aprenda a sorrir com os olhos. Eu irei ajudá-los, mas vocês precisam me ouvir.

 

Fonte:

https://www.diariodocentrodomundo.com.br/video-a-carta-do-coronavirus-para-a-humanidade/

 

Saber Sistêmico
Sueli Machado
Sueli Machado Seguir

Casada com Valduir Machado, mãe da princesa Talita Machado e de uma estrelinha no céu.

Ler matéria completa
Indicados para você