Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
Constelações SistêmicasVOLTAR

A CRIANÇA DOS NOSSOS ANTEPASSADOS QUE VIVE EM NOSSA CRIANÇA

A CRIANÇA DOS NOSSOS ANTEPASSADOS QUE VIVE EM NOSSA CRIANÇA
Adriana Aguiar Andrade
fev. 16 - 2 min de leitura
000

O emocionante e ao mesmo tempo curativo nas técnicas do Saber Sistêmico é quando nos abrimos para descobrir o amor inocente, o amor da criança. Reconhecer a nossa infância como a somatória da infância de nossa ancestralidade e detectar o comportamento de uma criança interior ferida, a espera do nosso cuidado, a espera de ser vista e resgatada, é um desafio libertador.

O movimento de amor, em direção ao nosso corpo de dor de infância, traduzindo esse amor para uma linguagem acessível para essa nossa criança interna ferida, define como podemos usar as técnicas das Constelações Familiares, aplicando-as no desemaranhamento das declarações de sofrimento, cuja nossa criança cumpriu como vínculo de lealdade sistêmica.

Todas as crianças precisam usufruir do amor, precisam sentir proteção, segurança, confiança, acarinhadas, cuidadas e vistas. Os sintomas que se revelam fazem parte desse vínculo de lealdade, os quais buscam a cura para o sistema. O fato é o peso dessa lealdade, e o impacto dessa lealdade no "arquivo" desse vínculo, pois os sintomas estão à serviço da evolução, e as crianças à serviço do reconhecimento dos pais.

Como diz a nossa professora Olinda Guedes: "a solução para o sofrimento dos filhos está nos pais, quando os pais resolvem seus próprios sofrimentos, os filhos recebem a cura. A solução está nos pais, a causa pode até não estar nos pais, pode estar na ancestralidade, mas a solução está nos pais"

A criança que manifesta algo disfuncional está trabalhando para o sistema. Um adulto disfuncional, precisa reconhecer sua criança interior ferida, que pode ainda estar trabalhando para o sistema. Reconhecer e tratar a sua infância, sendo na geração atual ou reconhecendo a criança ferida nas gerações anteriores, se torna uma atitude funcional de liberação.

Curar a nossa criança, a criança dos nossos pais, a criança dos nossos avós, a criança dos nossos bisavós, a criança a ser vista nos nossos antepassados, conduzida, essa jornada de cura, por intervenções de Constelação, proporciona, ao constelado, destravamento para a felicidade. As sessões de Constelação, com direcionamento para cura da criança interior, servem como desbloqueio para uma vida com visão funcional, visão sistêmica.

#mod03

Participe do grupo Constelações Sistêmicas e receba novidades todas as semanas.


Denunciar publicação
    000

    Indicados para você


    Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica

    Verifique as políticas de Privacidade e Termos de uso

    A Squid é uma empresa LWSA.
    Todos os direitos reservados.