[ editar artigo]

A FONTE NÃO PRECISA PERGUNTAR PELO CAMINHO

A FONTE NÃO PRECISA PERGUNTAR PELO CAMINHO

DADOS DO LEITOR

Nome completo: Maria Cristina Pereira Ribeiro

Curso: Formação Real em Constelações Sistêmicas

DADOS DO EXEMPLAR LIDO

Título: A Fonte Não Precisa Perguntar pelo Caminho

Autor: Bert Hellinger

5ª Edição - Belo Horizonte/MG - Editora Atman - 2019

  • Qual a mensagem global que o autor deixou para você?

Muitas são as mensagens obtidas com a leitura deste livro.

“ Este é um livro de consultas em vários sentidos.”

Impactou-me a informação do autor de que estamos na alma, fazemos parte da alma, que pertencemos a alma. É claro que isso mexe nos conceitos que temos sobre alma, principalmente no ocidente, e que ela está em nós e não o contrário. Isso gerou em mim um turbilhão de ideias, questionamentos, e como num terremoto tudo ficou sacudido. Por fim houve o acomodamento. Viver a vida como ela é. Como fontes, sabemos o caminho, contudo, os emaranhamentos  nos dificultam a passagem, ora submergindo, ora emergindo, mas sempre a caminho.

  • A partir do que você leu, enumere 10 dicas para você criar excelência para sua vida.
  1. Olhar, sentir, sem julgamentos, aceitando a vida como ela é;
  2. Estar atenta e observar o pertencimento e as ordens em minhas atitudes;
  3. Exercitar-me no recolhimento para o vazio e obter assim, a percepção do movimento da alma;
  4. Usar o princípio da compensação de forma consciente;
  5. Como terapeuta, utilizar bem o campo de força para vislumbrar a solução;
  6. Exercitar-me para permanecer no essencial;
  7. A importância de honrar os pais e ser grata pela vida que me foi dada;
  8. Uma conexão com a alma;
  • Considerando a realidade onde vive, o que você aplicou, imediatamente, assim que leu?

Hellinger propõe, em um seminário, um exercício em que os participantes, se quiserem, podem ir até a profundeza e mergulhar no reino dos mortos... Quando estiverem totalmente preenchidos disso, curvem-se perante esses mortos e comecem o caminho de volta para cima... (P.279)

  • O que você transformou em si mesmo com a leitura deste livro?

Ser menos julgadora. Acolher com amor  as coisas, as pessoas, os acontecimentos.

  • Quais as mudanças que você se compromete em tornar reais a partir desta leitura?

A observar mais, silenciar mais.

  • Se você encontrasse o autor do livro, o que você diria a ele?

Estou muito feliz em conhecê-lo. Sou grata pelo seu esforço e dedicação, pelo seu legado para a humanidade.

  • Enumere 3 pessoas para as quais você sugeriria este livro e justifique.
  1. A minha irmã Maria Antônia que gosta de ler sobre a alma;
  2. A terapeutas amigas que convivem comigo para perceberem uma nova ótica de terapia;
  3. A prima Liana que é interessada em Constelação Familiar Sistêmica.

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você