[ editar artigo]

A importância da pedagogia sistêmica - para uma escola humanizada

A importância da pedagogia sistêmica - para uma escola humanizada

Professores tem contato direto com famílias, com pessoas, e tem o papel de ajudar com a formação intelectual e de valores de seus alunos que estão iniciando a aprendizagem em relação ao convívio social. Além de transmitirem conteúdos técnicos, os professores ensinam e proporcionam aos seus alunos a reflexão sobre a vida, sobre relacionamentos e comportamentos individuais e coletivos.

Os professores que conhecem Constelação Familiar tornam-se profissionais evoluídos, pois quando um professor dá um lugar em seu coração ao destino do aluno, ao seu problema e até a sua vida. O aluno retoma a esperança, e assim sente-se pertencente ao ambiente escolar com se tivesse ganhado um novo lar. 

O que traz ao professor e ao aluno a experiência com a Constelação?

Pertencimento – Fome de relacionamento.

Dentro do ambiente escolar, o aluno deve sentir que é pertencente, que colabora para a alegria do grupo. Deve se sentir amado e importante para aquele ambiente escolar. 

Olá, eu vejo você! Olá, estou aqui!

O professor deve ter uma postura interna - procurar saber sobre as histórias das famílias de seus alunos e apresentar suas famílias em seu trabalho cotidiano. O professor deve trazer a paz ao ensinar e a tranquilidade ao aprendizado. 

O aluno traz a solução dentro de sua mochila! Basta saber reconhecer a solução a ser trabalhada.

O professor que passa a conhecer Constelação familiar age da melhor forma na resolução de conflitos que possam aparecer. Torna-se mais tolerante, reduz o nível de julgamento e aprende a ajudar de um jeito certo as pessoas com fragilidade emocional.

O professor passa a ter o respeito e admiração aos seus alunos “eu vejo você meu aluno”.  E se mostra presente, “eu estou aqui, meu aluno”! Além disso, passa a ser uma inspiração por sua sensibilidade e sua conduta – quanto a fome de relacionamento com seus alunos e familiares. 

Um exemplo de caso em que o professor usará conceitos da Constelação Familiar. Evasão escolar como deve-se ser trabalhada? Qual a visão sistêmica?

A evasão escolar acaba quando o aluno sente a alegria na sala de aula, quando o aluno se sente pertencente ao ambiente escolar. 

O professor é agente de transformação, e deve passar a fome de relacionamento para seus alunos, deve mostra-los que está feliz ao estar com eles são estes princípios sistêmicos que transmitem a lei do pertencimento e a lei do equilíbrio aos seus alunos e comunidade.

Com estes princípios sendo trabalhados, casos de evasão escolar, indisciplina, retenção, agressividades, dificuldades de aprendizados conquistarão um resultado muito positivo, trazendo a maioria dos casos a solução, pois como disse logo acima “o aluno traz a solução”, basta mudar a forma de olhar e sentir para com seus alunos.

O professor deve ser empático e resiliente ter uma postura interna procurando conhecer os conflitos familiares e trabalhar em cotidiano.

A cura do problema está dentro do sistema e muitas vezes precisaremos incluir os excluídos, honrar os que precisam ser honrados. 

A vida compensa quem é generoso! Como diz nossa amada Olinda, a família tem seu valor e precisa ser honrada. O professor deve trazer a paz ao ensinar e a tranquilidade para que seu aluno aprenda.
 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Elaine Araújo
Elaine Araújo Seguir

Professora há 25 anos, atualmente diretora de escola e terapeuta sistêmica. Estudiosa de meditação, Coach, Renascimento e Constelações Sistêmicas Familiares com Olinda Guedes.

Ler conteúdo completo
Indicados para você