[ editar artigo]

A morte pode ser bela

A morte pode ser bela

Tenho aprendido que a morte pode ser bela e respeitosa. Pode ser triste, mas digna.

Podemos encontrar alívio no momento mais difícil da vida, que é a despedida de quem amamos, seja qual lado estamos, um dia, todos estaremos do mesmo lado, pois todos vamos morrer. 

Recentemente uma amiga perdeu o pai, vítima pelo COVID, esse conhecimento todo que adquirimos com meu tratamento proporcionou à ela e sua família, que o pai tivesse uma morte digna e bonita.

Quando ela me contou como foi o processo de morte e despedida eu chorei e disse que mesmo triste a morte dele foi bonita. Mesmo através da tela de um celular ela pode se despedir do seu pai e conseguiu estar presente na sua partida. Pôde cantar para ele e se despedir dignamente. 

A família pôde transmitir à ele que ele não estava sozinho. A única coisa que ela não queria é que ele estivesse sozinho no momento da sua partida. Mas, isso só foi possível porque algum dia nos foi dito que isso existe e é possível.

Hoje, vejo a morte como um processo belo. Nascer é belo, morrer também pode ser. Com tudo que um luto exige, mas com beleza. Porque para morrer não tem ensaio. Quando acontece não tem retorno de cena, ensaio nem script.

Aquele ente querido teve uma vida significativa e importante e esse momento merece ser belo. Sua morte merece ser tão bela quanto sua vida num corpo físico. E essas pessoas devem ser lembradas pelos que viveram e não como morreram. 

Não podemos simplificar a vida de uma pessoa pelo fato de ela morrer, seja por COVID, câncer, atropelado, acidente.

Para morrermos vamos precisar deixar esse corpo de alguma forma. E essa forma não reduz a significância dessa pessoa. Ela continua sendo a pessoa amada de alguém!! O pai, avô, marido, amigo, tio...

#cuidadospaliativos #vida #morte

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
MILENA PATRICIA DA SILVA
MILENA PATRICIA DA SILVA Seguir

Sou mãe do Henrique, escritora, professora de Direito Sistêmico, Advogada Sistêmica, pesquisadora, terapeuta, master treiner e coach em PNL, doula, paciente oncológica, apaixonada pela vida, pelo conhecimento, pelos livros e por chá de manjericão.

Ler conteúdo completo
Indicados para você