[ editar artigo]

A VERDADE SOBRE O SOFRIMENTO HUMANO

A VERDADE SOBRE O SOFRIMENTO HUMANO

DADOS DO EXEMPLAR LIDO

Título: A VERDADE SOBRE O SOFRIMENTO HUMANO

Autor (es): Olinda Roseli Pereira Guedes

Edição: 1.a Local de Publicação: Curitiba-Paraná

Editora: Appris Ano: 2019


QUESTÕES ORIENTADORAS PARA FICHAMENTO:

1- Qual a mensagem global que o autor deixou para você? Resuma em, no máximo, 4 linhas.

A vida começa a partir do momento em que somos amadurecidos. Enquanto não amadurecemos a vida não deslancha, não vai para adiante, caminha-se em círculos em torno dos emaranhamentos e lealdades sistêmicas. Amadurecer é entender quais as tarefas que nosso destino pede de nós e realizá-las. 

Amadurecer é não brigar com a realidade, é dizer sim para a vida de um modo totalmente sábio e disponível.

2 - A partir do que você leu, enumere 10 dicas para você criar excelência para sua vida.

  1. Trauma é uma experiência sensorial intensa de sofrimento.
  2. O nosso corpo é o lado visível da alma, e a alma o aspecto invisível do corpo, os sentidos são a expressão dessa conexão; se está tudo bem, senão está bem, senão está bem eles falam.
  3. Nunca saia de casa sem os seus pais. O medo não é bom companheiro para passear dada por ai, os nossos pais, sim. Imagine sempre um anjo da guarda consigo: Uma asa é o pai, a outra é a mãe. Eles nos deram a vida.
  4. O que cura o coração ferido é recuperar o amor.
  5. Constelar é compreender, é completar, é integrar. A medicação é um recurso, entretanto o que cura é uma ação.
  6. Doença significa estar esquecido, renegado, excluído. Saúde significa incluído, completo, desperto, presente.
  7. Se quer ter uma vida saudável, não deixe ficar estagnado. Movimente-se. Isso se aplica a tudo: amor precisa ser declarado, dinheiro precisa circular, alimento precisa ser ingerido, exercício ser praticado e cérebro precisa ser utilizado. 
  8. As constelações são intervenções sensoriais destinadas a trabalhar temas, sintomas, sofrimentos, para que se transformem em recursos, em aprendizados ou simplesmente  para que voltem  se apenas memórias, sem julgamento, sem sofrimento.
  9. Aquele que deixa de cumprir sua tarefa perde a dignidade, por isso eles não podem mudar, para não perder a dignidade. Só ajudamos quando criamos condições para que alguém realize uma tarefa com êxito.
  10. A cura é possível. A cura é jornada. Não é um episódio.

3 - Considerando a realidade onde vive, o que você aplicou, imediatamente, assim que leu? (Qual tópico, qual ideia? - cite o capítulo, página e a ideia)

Nas páginas 80 e 81 do capítulo: Todo tema é um trauma. Toda ferida pode ser cicatrizada.

A soma da memória traumática mais a reação para evitar acessar essas memórias, chamamos de corpo de dor.

Trauma vem do grego e significa ferida.

É uma lesão ou ferida mais ou menos intensa, produzida por ação violenta, de natureza física ou química, externa ao organismo

4 - O que você transformou em si mesmo com a leitura deste livro?

Caíram muitas fichas sobre os sintomas que sinto e a busca de saber de onde eles vêm como por exemplo:

Ansiedade - Dinâmica sistêmica: Movimento da alma procurando pelo pai. Quando o vínculo com o pai está interrompido, a alma percebe está urgência. Para se proteger deste perigo, inicia-se um movimento rápido, cujo sentimento é de apreensão. Somos apreensivos quando sabemos que estamos em perigo. Quando o pai está presente a ansiedade vai embora.

Depressão - Dinâmica sistêmica: Inversão de ordem, de vazio. É uma fome infinita de cuidado e proteção. Quando os filhos têm que crescer rápido, quando os pais não conseguem ser grandes e atender os filhos, quando os pais  querem ser iguais aos filhos, jovens iguais, falam como se fossem irmãos, amigos. Então os filhos ficam vazios de pais. Tem pais, principalmente mães, que têm um verdadeiro apreço por serem tão jovens quanto suas filhas; têm orgulho de parecerem irmãs. Perigo à vista!

5 - Quais as mudanças que você se compromete em tornar real a partir desta leitura?

Os sintomas, eles são, antes de tudo, oportunidades evolutivas.

“A quem o sofrimento pessoal é poupado, deve sentir-se chamado a diminuir o sofrimento dos outros.”

6 - Se você encontrasse o autor do livro, o que você diria a ele?

Olinda, minha mestra e amiga, terapeuta e confidente das horas de sofrimento, minha eterna gratidão por compartilhar tantos ensinamentos e por me ajudar a crescer como mão, mulher e ser humano.

7 - Enumere 3 pessoas para as quais você sugeriria este livro e justifique.

Recomendaria à todos aqueles que apreciam o desenvolvimento humano, pois o conhecimento nos empodera.

Segue um breve resumo desta obra:

A VERDADE SOBRE O SOFRIMENTO HUMANO

Descobri que queria desvendar os segredos dessa tal felicidade: fruto desejado por todos mas nem sempre alcançado.

Descobri que aprender sobre isso iria me levar além dos bancos das universidades; me levaria para o coração da humanidade, para o amor da manada, o amor que tudo rege e guia.

Por que sofremos?

Todos desejamos a mãe. É nossa maior fome.

Aprendemos com a abordagem sistêmica que em tudo, em todo o sofrimento, vá para a mãe. Volte ao início, vá para o amor, vá para a paz, recolha-se, silencie. Porque esses são remédios essenciais.

É a mãe que cuida da vida, desde o seu início no ventre, depois nos braços, no alimentar, no cuidar, no guiar, no ensinar, no apoiar aos primeiros passos, no seguir o crescimento... e assim o filho segue em direção à plena autonomia.

Tudo o que está ao lado direito tem liderança, tem precedência.

O amor não se cansa.

Quem adoece trabalha para todo um sistema.

Você é feliz com seu trabalho?

Você experiência alegria em seus relacionamentos?

Você é contente com o lugar que você vive?

Toda doença começa numa grande insatisfação. Que se transforma em infelicidade. Insatisfação e infelicidade são alertas que nunca devem ser ignorados.

Os ingratos reclamam, os ignorantes sofrem. A ignorância é a mãe do sofrimento, o milagre é filho da gratidão.

A sabedoria é a unidade das energias feminina e masculina. Um milagre pede renúncia, um milagre exige de nós, exige conversão, desapego e humildade.

Milagres chegam muito mais por joelhos dobrados, do que por meio de mentes barulhentas. Por isso há mais milagres em santuários do que em consultórios e hospitais.

O que traz o milagre é o propósito de vida. O que faz a diferença não vida não é a guerra nem a paz, é o propósito.

Medicação pontual, uma meditação ou cuja origem pode ser solucionada com atitudes objetivas e práticas. Exemplo: dor de cabeça, resfriado, uma pequena inquietude, um desgosto passageiro num relacionamento.

Traumas são experiências de sobrevivências dentro do sistema. Eles podem ser pessoais ou transgeracionais.

Quando uma criança apresenta tumores, câncer, isso é uma expressão de memórias transgeracionais.

Nenhum trauma se cura por meio de uma intervenção mecanicista: o medo de avião não será resolvido enfrentando 12 horas em uma aeronave.

A doença é uma forma de punir os pais.

O que tem na origem de todo abusador? Ele foi abusado? Todo abuso é um segredo. Ou, então, se não sofreu abuso, está conectado com alguém em seu sistema que passou por isso.

Coragem e humildade são condições essenciais para a cura. 

Prisão de ventre...

Santo é um espírito capaz de operar o milagre sobre si mesmo.

Deste modo o professor trabalhou tantos conteúdos. Alfabetizando, empodera, previne o futuro e fortalece para que seus alunos saibam lidar bem com os desafios da vida e cada um com seu destino pessoal. Ações pedagógicas bem pensadas e direcionadas, resultam também em poderosos efeitos terapêuticos.

Outros conseguem viver muitos anos sobre a Terra, talvez porque cuidaram bem da sua vida, de sua saúde, das suas emoções, tomaram bastante água, não prejudicaram sua saúde com o fumo, álcool, substâncias tóxicas ou muita ingestão de açúcares, proteína  animal, carboidratos, pois sabemos que o corpo físico é matéria e precisa ser cuidado.

Vou preparar esse bolo pensando nela e quero contar umas histórias da bisa para vocês: Ela era tão amorosa, alegre... Desse modo, a morte passa a ser experienciada de um modo muito mais positivo e as pessoas passam a ressignificar essa condição, porque o corpo físico é matéria, e ele passa, entretanto, o espírito e as nossas ações e até mesmo o núcleo, aquilo que nós somos enquanto memória , permanece “ad infinitum”.

Talvez o paraíso seja o DNA.

A eternidade é um fato.

O “nós” é o campo um campo invisível. Seldrake diz que a informação se encontra presente sempre no agora, não tem passado, os indivíduos acessam essas informações com um único propósito, o da sobrevivência para assegurar a permanência da vida.

A negação do destino nos coloca em conflito (falta de sintonia) com ele, o que inviabiliza o caminho da cura, da reconciliação e da felicidade.

Pertencimento é o primeiro princípio sistêmico observado, dentro de um conjunto que Hellinger nominou de Leis do Amor. Outros chamam de Leis da Vida ou Princípios da Vida, Princípios Sistêmicos ou simplesmente, Princípios.

O princípio da Compensação ou princípio do Equilíbrio, que é a segunda Lei do Amor. Sempre a alma deseja retribuir o que recebeu. O desejo de retribuir, o que recebeu é uma constante em nossa alma.

Ordem: Esta é a terceira Lei do Amor. Quando alguém, por algum motivo, não puder ocupar o seu lugar, outro alguém fará isso.

Sabemos que uma das “dinâmicas” que sustenta a ansiedade é “..,papai, sem você... eu tenho que ir rápido demais para o futuro. Sozinho eu tenho medo do amanhã!”

Quando os filhos se tornam confidentes dos pais, estes se enfraquecem. E, quando os filhos se tornam confidentes dos pais, estes se enfraquecem. E, quando os filhos querem consertar os pais, aqueles também se enfraquecem.

Se a maior fome é o pertencimento, a hospitalidade é o grande movimento da paz. Sem segurança não há saúde.

Nunca saia de casa sem os seus pais. O medo não é bom companheiro para passear dada por aí, os nossos pais, sim. Imagine sempre um anjo da guarda consigo: Uma asa é o pai, a outra é a mãe. Eles nos deram a vida.

A vida começa a partir do momento em que somos amadurecidos. Enquanto não amadurecemos a vida não deslancha, não vai para adiante, caminha-se em círculos em torno dos emaranhamentos e lealdades sistêmicas. Amadurecer é entender quais as tarefas que nosso destino pede de nós e realizá-las. 

Amadurecer é não brigar com a realidade, é dizer sim para a vida de um modo totalmente sábio e disponível.

O nosso corpo é o lado visível da alma, e a alma o aspecto invisível do corpo, os sentidos são a expressão dessa conexão; se está tudo bem, senão está bem, senão está bem eles falam.

À medida que os olhos acumulam imagens de sofrimento, imagens esteticamente desarmoniosas, eles naturalmente diminuem a acuidade, como uma resposta natural de saúde, o incongruente registrados nas retinas, cria uma resposta natural de não, de não ver, de ver menos.

Vista cansada significa desânimo, falta de brilho no futuro, esgotamento, cansaço, perigo, chega de ver morrer antes. Vista cansada é um sintoma de senilidade, é o desanimo da alma mostrado nos olhos. Senilidade não tem a ver com idade, senilidade diz respeito ao estado de falta de viço, de entusiasmo.

Trauma é uma experiência sensorial intensa de sofrimento.

Os olhos de uma pessoa aborrecida lacrimejam, de uma pessoa resfriada também.

O amor não cansa, não desiste.

Fui traído por um sócio, sofri uma grande decepção no amor, uma grande perda material.

O que cura o coração ferido é recuperar o amor. Essa é a medicina real. Cirurgia e outras intervenções são apenas suporte para  o organismo poder sobreviver naquela condição até a cura completa chegar, até as tarefas serem realizadas.

Um sintoma sempre traz oportunidades.

Constelar é compreender, é completar, é integrar. A medicação é um recurso, entretanto o que cura é uma ação.

Doença significa estar esquecido, renegado, excluído.

Para ser algo totalmente novo, é preciso renunciar aos velhos hábitos de identidades limitantes, de comportamentos interligados.

Saúde significa incluído, completo, desperto, presente. Milagre significa: o impossível se tornou matéria.

Um sintoma é um anjo, anjo da guarda, um amigo, um mestre, um sábio, um guardião. É um código: quando decifrado a saúde volta.

Tudo o que um sistema pede é que se restabeleça o equilíbrio entre repouso e movimento.

Aquele que não pode ficar parado, não pode se curar. Porque repouso significa amor de graça dos pais e, grato, pode experienciar milagres.

Todos os sistemas têm também os “cabeça quente”, que fazem tempestade em copo d`água e não levam desaforo para casa. Tem os “cabeça dura” que vivem cometendo os mesmos erros, não usam o bom senso.

Se quer ter uma vida saudável, não deixe ficar estagnado. Movimente-se. Isso se aplica a tudo: amor precisa ser declarado, dinheiro precisa circular, alimento precisa ser ingerido, exercício ser praticado e cérebro precisa ser utilizado. 

A soma da memória traumática mais a reação para evitar acessar essas memórias, chamamos de corpo de dor.

Trauma vem do grego e significa ferida. É uma lesão ou ferida mais ou menos intensa, produzida por ação violenta, de natureza física ou química, externa ao organismo.

As constelações são intervenções sensoriais destinadas a trabalhar temas, sintomas, sofrimentos, para que se transformem em recursos, em aprendizados ou simplesmente  para que voltem  se apenas memórias, sem julgamento, sem sofrimento.

Muitos já se perguntaram como eu sei o que sei. Mas isso seria como perguntar ao oleiro como ele sabe o ponto certo que a argila se transformará em arte. Ele simplesmente sabe.

Sintomas de Memória Pessoal:

Ansiedade - Dinâmica sistêmica: Movimento da alma procurando pelo pai. Quando o vínculo com o pai está interrompido, a alma percebe está urgência. Para se proteger deste perigo, inicia-se um movimento rápido, cujo sentimento ée apreensão. Somos apreensivos quando sabemos que estamos em perigo. Quando o pai está presente a ansiedade vai embora.

Bronquite - Dinâmica sistêmica: “Por favor, me dê liberdade de ser, de viver de me alegrar! Permitam-me usufruir das coisas simples da vida, mamãe e papai queridos!”

Cansaço - Dinâmica sistêmica: Oferecer mais do que tem, desequilíbrio entre vigília e repouso.

Consumismo - Dinâmica sistêmica: “Nada é suficiente! Sempre precisa de mais e mais. Cadê meus pais? Cadê meu pai para prover?”

Depressão - Dinâmica sistêmica: Inversão de ordem, de vazio. É uma fome infinita de cuidado e proteção. Quando os filhos têm que crescer rápido, quando os pais não conseguem ser grandes e atender os filhos, quando os pais  querem ser iguais aos filhos, jovens iguais, falam como se fossem irmãos, amigos. Então os filhos ficam vazios de pais. Tem pais, principalmente mães, que têm um verdadeiro apreço por serem tão jovens quanto suas filhas; têm orgulho de parecerem irmãs. Perigo à vista!

Garganta é o centro emocional de toda comunicação, da expressão, do controle de quem somos e do que permitimos expressar. Portanto, sintomas na garganta sempre revelam dinâmicas de conflitos entre o que sente e o que expressa.

Dores de estômago - Dinâmica sistêmica: Vivendo contrariedades de modo disfuncional, sem se defender ou agir de forma justa e equilibrada. “O que você engoliu que te fez mal? ”

Formigamento nas mãos - Dinâmica sistêmica: Raiva, muita raiva. Vontade de torcer alguns pescocinhos.

Gordura localizada na barriga - Dinâmica sistêmica: Geralmente, são pessoas que têm mais facilidade de cuidar dos outros do que de si mesmo.

Insônia - Dinâmica sistêmica: “Há perigo! Querido papai, eu velo, eu cuido por você.”

Perda de objetos/pertences - Dinâmica sistêmica: Procura por irmãos ignorados ou desconhecidos.

Sobrepeso - Dinâmica sistêmica: Aquele que não dá lugar para a mãe no coração, dá um lugar no corpo.

Sistema de Memória Transgeracional

Bipolar - Dinâmica sistêmica: Memória transgeracional de identificação com o perpetrador e vítima, alternadamente.

Câncer - Dinâmica sistêmica: Memórias transgeracionais de tortura, abuso, loucura. “Agora nossos segredos se tornam luz, ao carregamos sozinhos nossos sofrimentos. Agora nos curamos.”

Comer sem moderação - Dinâmica sistêmica: Onde está o afeto? Onde está o amor gratuito? Quem não foi valorizado por sem quem era, independente de posição social, situação financeira? Por quem mais está se alimentando?

Compulsões em geral - Dinâmica sistêmica: Memória transgeracional de tortura, guerras, homicídios. “Quero viver. Mas não consigo evitar a morte.“

Constipação Intestinal - Dinâmica sistêmica: Memória transgeracional ou pessoal de escassez. Necessidades efetivas atendidas parcialmente na infância. Medo de deixar ir e nunca mais ter. Medo de perder.

Dependência Emocional - Dinâmica sistêmica: Memória transgeracional de orfandade. “Mamãe cadê seu colo? “

Enxaqueca - Dinâmica sistêmica: Memória pessoal de trauma de nascimento ou memória transgeracional traumática de ameaça à vida, orfandade, abuso sexual.

LER – Lesão por Esforço Repetitivo - Dinâmica sistêmica: Doença da vida sem sentido: aquela pessoa faz o que não gosta e não sente que pode fazer o que lhe traria alegria. É uma espécie de memória traumática de opressão, de escravidão.

Estudar é olhar para o futuro. Quando o passado é urgente, é necessário renunciar e olhar para ele.

Perfeccionismo - Dinâmica sistêmica: Memória transgeracional ou pessoal de ausência de figura parental fortalecida e presente. Tenho que sobreviver sozinho. “Papai, cadê você? “

Ronco - Dinâmica sistêmica: Dorme bem, aquele cujo sistema está em paz.

Síndrome do Pânico - Dinâmica sistêmica: Memória de quase morte no sistema; memória transgeracional ou pessoal da ausência da figura parental fortalecida e presente. “Querido papai...querida mamãe...me dê amor, me proteja! “

A cura é possível. A cura é jornada. Não é um episódio.

Porque quem se importa serve, só serve quem se importa.

A tarefa de cada um é benção para todos. Por isso, devemos ajudar nossos irmãos, nossos amigos, nossos adversários. Ajudamos porque o êxito de um libera um pouco mais do todo que precisamos alcançar.

Aquele que deixa de cumprir sua tarefa perde a dignidade, por isso eles não podem mudar, para não perder a dignidade. Só ajudamos quando criamos condições para que alguém realize uma tarefa com êxito.

Qual é a tarefa implícita na falta de dinheiro? Reconciliar com o pai, pode ser o próprio pai, ou o pai de memórias anteriores, pode ser pessoal ou transgeracional. Isso se resolve em terapia, com intervenções sistêmicas, sensoriais.

Qual é a tarefa implícita na falta de dinheiro? Reconciliar com o pai, pode ser o próprio pai de memórias anteriores, pode ser pessoal ou transgeracional. Isso se resolve em terapia, com intervenções sistêmicas, sensoriais.

Qual é a tarefa explicita da falta de dinheiro? Organizar planilhas, quanto ganha e quanto gasta, planejar, com disciplina, rigor. Todas essas habilidades são masculinas (olha ai o pai), faz uma diferença enorme. Isso se resolve com aprendizado objetivo, consultoria, cursos, decisões e atitudes.

Um sintoma perde mudança, pede transformação, pede submissão. Para o sintoma se transformar, a única moeda possível é a submissão, o rigor, a disciplina.

As doenças crônicas mostram dinâmicas de exclusão, dinâmicas de violação da ordem, dinâmicas do desequilíbrio entre o dar e o receber.

Aquele que tem coração ferido com a mãe não pode se alimentar corretamente porque se assim o fizesse, desculparia a mãe.

Os sintomas, eles são, antes de tudo, oportunidades evolutivas.

Constelar é completar, ou seja, é tomar consciência do todo sabendo que é mais que a simples soma das partes e considerar cada parte como essencial para que o todo seja tal como é.

Ter a consciência de que a lei da compensação atua em todos os campos, inclusive no campo da solução, faz com que o terapeuta e cliente construam resultados de sucesso.

“A quem o sofrimento pessoal é poupado, deve sentir-se chamado a diminuir o sofrimento dos outros.”

Albert Schweitzer

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Iraci Aparecida Franceschini
Iraci Aparecida Franceschini Seguir

Sou Partner da SBC Sociedade Brasileira de Coaching e Master coach, fundadora do Instituto D´ORO Treinamento e Desenvolvimento Ltda, apaixonada por contribuir com o desenvolvimento humano de pessoas, times e empresas utilizando soluções on-line .

Ler conteúdo completo
Indicados para você