[ editar artigo]

A verdadeira família perfeita - ou nem tanto!

A verdadeira família perfeita - ou nem tanto!

"Antigamente os filhos respeitavam seus pais!"

"Na minha época, você não podia nem pensar em levantar a voz para seus pais!"

"Eu tive que me virar quando eu tinha sua idade, porque você não faz o mesmo agora?!"

Fomos criados com uma memória de orfandade tão viva em nós que, ou vivemos esperando pelos outros ou estamos tão preocupados inconscientemente com situações que ainda não foram curadas, que nem conseguimos nos preocupar com nós mesmos e nossa vida atual. Antes, os filhos respeitavam seus pais por medo! Tremiam até o fio de cabelo só de imaginar que poderiam estar fazendo algo que seus pais poderiam não ficar tão satisfeitos. A agressividade verbal e física fazia parte do dia- a- dia de muitos relacionamentos parentais. 

Na época de alguns de nossos antepassados, quase ninguém levantava a voz para seus pais. Muitas vezes, nem mesmo falavam. As pessoas mal podiam expressar o que sentiam; escondiam os segredos por medo do que poderia acontecer consigo mesmo se contasse a alguém sobre. Hoje, tantas pessoas gagas, com problemas de dicção, afonia, língua presa e tireoide, por exemplo. Somos uma das gerações que tem medo de falar, de expressar nossos sentimentos, nossos medos, nossas angústias. Como seríamos diferentes diante de toda a situação que nossos antepassados passaram?

Meu pai conta que começou a trabalhar de engraxate aos 13 anos e, desde então, nunca mais parou de trabalhar. Até uma certa idade, trabalhou em vários lugares ao mesmo tempo, para poder prover a sua família. Minha mãe foi babá de crianças e ajudou no serviço em várias casas; começou a trabalhar com uns 11 anos, tudo para que a renda da família aumentasse um pouco e não faltasse nada em casa. Sem falar nos meus avós, tios e tias, no quanto cada um deles se dedicaram para que o alimento nunca faltasse na mesa.

Família perfeita não existe! Por emaranhamentos e tristezas escondidas, existem inúmeras famílias que se dizem e até se mostram perfeitas. TODAS as pessoas que carregam sofrimentos, não gostam de expor seus sentimentos. Mas é a partir dos sintomas que entendemos cada situação que já se passou, ou ainda se passa, na vida de cada um.

Pietra Derner Carneiro

Facebook: /pietra.derner

Instagram: @pietradernerc

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você