[ editar artigo]

A vida só muda de Dentro para Fora

A vida só muda de Dentro para Fora

Observando como a humanidade caminha, reparo (não querendo ser tão pessimista) que ela muda muito lentamente. Esse caminhar tem um propósito maior, é nisso que acredito. Somos imperfeitos e por isso sofremos, também acredito nisso. Afinal, esse é o processo, assim ele tem se desenhado, levando em consideração que somos co-criadores dessa realidade. 

É certo que a grande maioria se crê vítima, eu também já me senti dessa forma. Às vezes, ainda sinto. Porque como não vemos o quadro todo, não podemos ter a visão e nem o entendimento completo do que significa evoluir. E isso para quem acredita que para isso estamos. Eu acredito.

As religiões e as ciências pautaram as crenças e preceitos que criamos para nos autogerir no mundo, não nos dando muita oportunidade de buscarmos nossas próprias respostas. Não sabemos ao certo o que está além do que podemos ver e, muitas vezes, não cremos no que sentimos. Embora, a ciência venha comprovando alguns conceitos filosóficos e espiritualistas milenares, ainda duvidamos de nossas próprias percepções.

Tudo bem, eu mesma sou como são Tomé e gosto de tocar para ver se é mesmo real. Mas, também é bem verdade que isso não me ajuda muito, uma vez que já foi provado que a realidade física é o último estágio da criação de um desejo. Vá lá, damos o que temos.

A questão é que isso tem consequência, e muitos de nós não queremos ver. Preferimos achar que a nossa realidade é fruto da dureza do coração do outro, da ganância dos poderosos ou da inação dos pobres. Ficamos a meio caminho daquilo que desejamos e daquilo que abominamos, sem nos dar conta que nosso foco aumenta aquilo que toca. E sem querer e sem saber, somos os carrascos de nós mesmos. Sem entender que sendo contra apenas fazemos mais fogueira para manter acesa a chama daquilo que deveríamos ser os primeiros a apagar. 

As coisas só se dão de dentro para fora, até porque nem existe fora. Claro que, para a maioria, esse é um conceito filosófico que se discute tomando um café no bar mais próximo (desde que não se esteja em isolamento social, porque nesse caso nem filosofamos). Estamos demais voltados para fora, porque o dentro parece inatingível, ou porque dói mesmo. Estamos apostando nos mesmos cartuchos de sempre as mudanças que já demonstraram, por milênios, aquilo que não funciona.

Isso é triste, mas ainda é o processo. Ainda teremos que esperar mais, sofrer mais, morrer mais para entender que a resposta está dentro. Que não somos apenas esse corpo, que temos algo além e que tem vários nomes, mas que com todos os "substantivos comuns" possíveis cumpre a única função de nos manter vivos.

E o que significa que a vida só existe de dentro para fora? Significa muitas coisas, que nós somos únicos e que temos em nossa individualidade a resposta de nosso papel na existência e no mundo físico, que nossa essência não se repete porque só ela pode fazer aquilo a que veio, porque temos contribuições individuais para dar ao mundo, a lista seria infinda e desnecessária para o contexto desse artigo.

Não estou desconsiderando a existência física nua, crua e dolorosa que estamos vivendo, antes que alguém possa dizer que estou me iludindo em acreditar no meu próprio poder. E ficaria difícil para a maioria assumir seu naco de participação nesse mundo doente, que temos criado todos os dias, e admitir que tem responsabilidade. Claro, existem os que realmente não sabem disso, e ainda são a maioria. 

Esse é o processo, para evoluir é preciso gerações, adaptações, experiências e perdas, e isso é demorado. Sempre haverá aquele que ao olhar envolta, estará disposto a mudar o mundo. Mas, que esses "heróis" entendam que o mundo também só se muda de dentro para fora. Porque tudo começa dentro de nós, porque se assim não fosse não precisaríamos ser únicos. 

 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Simone Belkis
Simone Belkis Seguir

Simone Belkis se formou em Letras na UFPR. É uma estudiosa do esoterismo e cantante. Seu amor maior são os livros. Escrever é sua forma de criar o famoso mundo melhor, e sua praia é contar suas próprias descobertas para inspirar pessoas.

Ler conteúdo completo
Indicados para você