[ editar artigo]

Amor de Graça

Amor de Graça

Amor de graça!

Para achar o amor de graça, não podemos ter limite no tempo, temos de poder olhar para nossos pais.

Olhar para eles há 20, 30, 40, 50 anos... Quando viemos.

Tantas dúvidas, medos, preocupações, dificuldades, e eles nos deram a vida - melhor presente.

E hoje?

Os irmãos, são parte desse amor de graça!

Ficar perto se possível, falar com eles, se existe alguma mágoa, procurar aceitar que todos temos falhas; mas e o amor? Esse de graça, da infância, das risadas desmotivadas, das piadas bobas, puxões de cabelo, gritos, brigas, da boneca, do carrinho… só temos com aqueles que fizeram parte disso e podem entender e relembrar conosco.

Haverá saudade, talvez até algumas lágrimas, mas valerá a pena. Enche o coração, alimenta a alma.

E quem não tem mais os irmãos ou os pais?

Não tenha limites de tempo e lugar, feche seus olhos e volte para dentro daquele abraço, quando você caiu e ralou o joelho.

Aquele bolo quentinho com café e a correria da infância.

Aqueça seu coração!

O amor de graça nos deixa mais leves. Nos dá força para um mundo em que o amor é muitas vezes mercadoria, utilidade.

Amor de graça é tudo!

Eliane Cancian


 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você