Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
Constelações SistêmicasVOLTAR

Artigo: Constelações épicas Traumas de Guerra e Constelação com bonecos reverberação sonora

Artigo: Constelações épicas Traumas de Guerra e Constelação com bonecos reverberação sonora
Claudiani Chaves
mar. 6 - 4 min de leitura
000


Constelações Épicas: Traumas de Guerra – Um sistema banhado em traumas.

Ao iniciar as aulas sobre traumas de guerra, os temas que foram colocados, embarquei em muitas constelações e claro, refleti sobre o meu sistema.

Fui ao encontro de meus ancestrais pelo lado paterno, os mais conhecidos em nossa cidade, praticamente uma família fundadora.

Sr. Major Manoel Vicente Bittencourt ,1º prefeito de Ponta Grossa / PR; pela patente percebe-se que era militar.

Esse trisavô participou da guerra civil federalista, onde mais de 10.000 homens morreram aqui na região do Paraná, às margens da ferrovia Curitiba/ Paranaguá. Creio que muitos desses fazem parte do meu sistema.

Seu filho Manoel Villela Bittencourt Jr, meu tataravô, pai de Claudionor Villela Bittencourt casado com Luiza Lápido, que tiveram seis filhos, meus bisavós (Luiza eu conheci e convivi).

Luiza ficou viúva perto dos 30 anos gestante da sexta filha. Claudionor foi assassinado aos 33 anos. (mais um para agregar ao meu sistema).

O Filho mais velho de Luiza, meu avô: Deomar Lápido Bittencourt ficou órfão aos 10 anos e como homenagem a seu pai, deu o mesmo nome ao meu pai: Claudionor Tupi (apelido de seu avô) Bittencourt.

Não estranho a filha de Luiza, em gestação na época em que viuvara, chamava-se Claudionora, bem como eu e uma prima com mesmo nome: Claudiani Tupi Bittencourt.

Traumas de guerra e orfandade em todo o meu sistema por parte de pai e a constante repetição de nomes, muitas vezes pego meu pai em estado de transe alegando que o nome que consta na sepultura é o dele inteiramente identificado com o antepassado assassinado.

Não muito distante, Rio Grande do Sul, uma senhora, Sibila Shuch, (minha bisavó materna) perto dos trinta anos fica viúva de seu esposo, esse faleceu por doença pulmonar, essa minha avó, assim como a bisavó paterna, também gestante da sexta filha.

O que posso concluir é que numa hereditariedade muito próxima todos ficaram órfãos e com grandes traumas, aparentemente resolvidos, porém ao estudar constelações sistêmicas, familiares percebo que os casos de alcoolismo, deficiência mental, problemas financeiros, câncer, tem sim origem sistêmica.

Eu, me identifico sistemicamente com as minhas bisavós, pois carrego comigo o dever de trabalhar incansavelmente para manter a família, os filhos; mesmo casada, de forma solitária.

Já fiz algumas constelações com minha terapeuta onde a situação do assassinato de meu bisavô foi clara.

Já fiz várias cartas as minhas antepassadas como forma de tarefa sistêmica e durante as minhas bodas de 30 anos – bodas de pérolas - reverenciei-as.

Ter consciência e conhecimento é a melhor ferramenta. Percebo que ao escrever e descrever esse pequeno histórico do meu sistema sei que muito preciso fazer por todos.

Afinal sou bisneta, neta e filha de órfãos.

Consegui subir alguns degraus em busca da cura do meu sistema.

Durante as aulas de constelações épicas, porém com os bonecos em reverberação coloquei para Olinda um situação da minha família paterna, agora por parte da mãe de meu pai.

Olinda me atendeu sobre a situação, muitos casos de suicídio. Um avô, uma neta assassinada em uso de drogas e a irmã dessa jovem no mesmo dia, 3 anos após, em acidente de moto.

Olinda colocou na mesa vários representantes enfileirados e com um toque caem alguns bonecos onde dessa forma Olinda me explica que pelo número de bonecos em pé eu saberia em qual geração eu deveria atuar sistemicamente.

Outro momento Olinda atendeu uma pessoa que sentia-se extremamente cansada; ela colocava vários bonecos deitados e questiona o que a cliente sentia;  eram seus antepassados cansados da guerra, de fugir, de tanto trabalho escravo e indígena.

Na mesma semana recebo um cliente com as mesmas queixas cansaço, coloquei da mesma forma que Olinda, vários bonecos, onde minha cliente também se identificou com pessoas cansadas, de tanto fugir, trabalhar, foi uma linda constelação e a cliente saiu do estado de cansaço extremo.

 

 



Participe do grupo Constelações Sistêmicas e receba novidades todas as semanas.


Denunciar publicação
    000

    Indicados para você


    Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica

    Verifique as políticas de Privacidade e Termos de uso

    A Squid é uma empresa LWSA.
    Todos os direitos reservados.