[ editar artigo]

AS AVENTURAS DE BELINHA

AS AVENTURAS DE BELINHA

 

Belinha olhou para seu avô e disse:

"- Vovô, me leva pra conhecer o mar?"

"- Mas por que você quer conhecer o mar, Belinha?"

"- Vovô, o mar tem longas ondas... graaandes voltas dão aquelas ondas... e no mar tem muitos barcos, vovô!"

Belinha... sentada, diz:

"- Vovô... por favor!"

Seu avô, sabendo que a imaginação da sua netinha era grande, deu pra ela uma bacia cheia de água... Colocou um morrinho de areia e falou:

"- Belinha, vai brincando... Imagine... cria sua distração..."

"- Mas vovô... não é a mesma coisa!"

Belinha parou... e pensou: Hummm... eu não vou chatear meu vovô... e disse:

"- Ai, vovô! Olha essas ondas tão grandes... Olha elas... Estão batendo forte, vovô... Nossa, vovô! Sinto que eu vou pra trás, que eu vou pra frente... Vovô, segura as minhas mãos, vovô... Olha as ondas... como elas estão fortes... Os barcos estão saindo pra lá e pra cá, vovô..."

Naquele morro de areia, Belinha com a sua imaginação fértil começou a imaginar aquele mar imenso, com aquelas ondas imensas... Sentada naquele morro de areia, dizia:

"- Vovô... vovô!"

Quando de repente... Belinha olhou e disse: "Ah! Mas não é verdade! Só foi uma imaginação. Aqui é uma bacia d'água, onde estou batendo as minhas mãozinhas... Aqui é um morrinho de areia, onde estão os meus barquinhos de papel."

Seu vô olhou triste e disse:

"- Um dia te levo, Belinha!"

"- Você me leva, vovô?"

"- Sim... Vou te levar! Feche teus olhos... Imagine agora... Nós dois viajando... Nas asas de uma águia... Imagine!"

Belinha fechou seus olhos e começou a imaginar aquele mar... Belinha foi virando de lado... E quando seu vovô olhou, Belinha estava dormindo.

E ao acordar, Belinha não deixava nada barato. Ela disse:

"- Vovô, como nós fomos parar aqui, se agora a pouco a gente estava no mar?"

"-Ahhh! Essa é a minha netinha Belinha!"

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você