[ editar artigo]

Assédio e Estupro

Assédio e Estupro

 

Um dia estava a caminhar, um galho atravessou meu caminho. Eu simplesmente dei a volta e segui. Mas, segui pensando que tantas vezes não é isso que acontece.

Algumas vezes somos abalroados, outras piores, podem levar partes de nós ou até mesmo nos matar.

Fato é que um galho é um galho. Não é simplesmente uma pedra no caminho.

Então, lembro-me disse ao receber a pergunta:

- “...  Mestre, qual é a dinâmica sistêmica do estupro e do assédio?

No papel da vítima e do perpetrador... Você poderia falar um pouco sobre isso?”

Eu não tenho vontade de falar sobre o assunto, porque indigesto é.

Faria o mesmo que fiz ao caminhar, simplesmente desviaria e tomaria novamente meu rumo.  Mas, diante da  vida e do que ela exige de nós, tantas vezes precisamos olhar o lobo nos olhos.

Neste caso, a metáfora se traduz assim:

Alguém que estupra está totalmente em lealdade com seu sistema, faz isso de consciência tranquila e ficaria muito mal se não o fizesse porque afinal esse movimento terrível o faz pertencer e  buscar algo importante para seu sistema, tal como: a vida de volta, a aceitação de si como ser num corpo físico.

Também é uma atitude totalmente regressiva, o prazer a qualquer preço, a preço até da morte alheia. Sim,  porque traumas são pequenas mortes. Mas, aqui deixo para os especialistas em psicanálise discorrerem.

O assédio, por outro lado, é algo mais discreto, exige um pouco mais de sofisticação e não poderíamos absolutamente afirmar que aquele que comete esse tipo de abuso é alguém inocente. O assédio se dá com consciência, consciência tranquila, porém ciente de que faz sofrer.  Aquele que o pratica está leal aos perpetradores de seu sistema e com discurso racional justifica seus atos, amenizando-os e perpetuando-os. Por vezes, ganha muitos seguidores e aplausos públicos.

Essa é a grande diferença do abusador com o estuprador. O primeiro é aplaudido, enquanto este último é linchado, totalmente reprovado e subjugado.

O estuprador é considerado sujo, perigoso, impiedoso, o assediador é considerado alguém destemido, que afirma suas próprias ideias com coragem, sendo honesto no que fala e coerente entre o que acredita e prática.

Sintoma: Estupro

Dinâmica sistêmica: Me dê um lugar, nem que seja para eu te matar e colocar minha vida em total risco, mas por favor, não suporto mais viver sem ter meu lugar e viver sem o amor de graça. Lealdade à figura parental feminina.

Sintoma: Assédio

Dinâmica Sistêmica: Mamãe, eu não me importo com você. Porque papai não se importa também. Lealdade à figura parental masculina.

 

Uma pequena história:

“A Raposa e o Leão

Uma raposa muito jovem, que nunca tinha visto um leão, estava andando pela floresta e deu de cara com um leão.

Ela não precisou olhar muito para sair correndo desesperadamente na direção de um esconderijo que encontrou. Quando viu o leão pela segunda vez, a raposa ficou atrás de uma árvore a fim de poder olhar antes de fugir. Mas na terceira vez a raposa foi direto até o leão e começou a dar tapinhas nas costas dele, dizendo:

_Oi, gatão! Tudo bom?

 Moral da história:

Da familiaridade nasce o abuso.”   ― Esopo

Isso também acontece com o estupro e tantos outros sofrimentos. Em casa, onde se menos desconfia, os danos acontecem e não há proteção, porque se crê estar em lugar seguro, com pessoas de confiança. 

Imagine! Dormir com o inimigo?!  Isso é só nome de filme. E muitas realidades.

 

Foi de proveito esse texto para você?

Então, compartilhe.

 

OLINDA GUEDES é mãe da Nina, Camila e Raisa Maria, apaixonada pela vida, escreve com o coração o que cabe em palavras.  É mãe de mais outros cinco príncipes na terra, e quatro anjos no céu.

Milton Erickson é um de seus mestres. Com ele aprende sempre a arte das palavras e de sobreviver, apesar de tudo.

Sofreu abuso em sua infância.

Conduz, no Instituto Anauê-Teiño, a Escola de Saberes Úteis. Uma iniciativa cujo objetivo é trocar saberes das diversas ciências com o propósito de uma vida mais feliz, próspera e saudável.

https://www.facebook.com/olindaguedesfanpage/

https://www.youtube.com/c/OlindaGuedes

https://www.instagram.com/olindaguedes/

 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
OLINDA GUEDES
OLINDA GUEDES Seguir

Oilá, gente linda! É uma boa história a minha vida... ainda temos muito a viver. A parte mais linda é ser "Mamain" das duas princesas Nina Maria, Camila Maria e dos cinco príncipes cavalheiros...

Ler conteúdo completo
Indicados para você