[ editar artigo]

AUTO AMOR, O COMEÇO

AUTO AMOR, O COMEÇO

Pensamentos sobre o livro Você Pode Curar Sua Vida da autora Louise Hay.

  • O que pensamos sobre nós torna-se verdade para nós. Acredito que todos, inclusive eu, somos 100% responsáveis por tudo em nossas vidas. Cada pensamento que temos está criando nosso futuro. Cada um de nós cria suas experiências através dos pensamentos e emoções;
  • Criamos as situações e então abrimos mão de nosso poder, culpando os outros pela nossa frustração. Nenhuma pessoa, nenhum lugar, nenhuma coisa têm poder sobre nós, pois nós somos os únicos pensadores em nossa mente. Criamos nossas experiências, nossa realidade e tudo o que há nela. Quando criamos paz, harmonia e equilíbrio em nossas mentes, os encontramos em nossas vidas;
  • Não importa qual seja o problema, nossas experiências são tão somente efeitos externos de pensamentos internos. Até mesmo o ódio voltado para si mesmo é um pensamento que você tem sobre si mesmo. Você tem um pensamento que diz: "Sou uma pessoa má”, esse pensamento produz uma emoção e você entra nisso. Todavia, se você não tiver o pensamento, não terá a emoção. E os pensamentos podem ser modificados. Mude o pensamento e a emoção desaparecerá;
  • Precisamos escolher nos libertar do passado e perdoar a todos, inclusive a nós mesmos. Porem, o simples fato de dizermos que estamos dispostos a perdoar da início ao processo de cura. Para nossa própria cura é imperativo que nós nos libertemos do passado e perdoemos a todos;
  • Sempre que estamos doentes, necessitamos procurar dentro de nossos corações para descobrirmos quem precisamos perdoar. O livro nos diz que “toda doença tem origem num estado de não-perdão” e “sempre que ficamos doentes, precisamos olhar à nossa volta para vermos a quem precisamos perdoar”.

O poder está no presente, mas um estado interior saudável não é tão fácil de ser encontrado, porque infelizmente, não nos damos conta da natureza doentia dos pensamentos que cultivamos dentro de nós. Neste mesmo instante estamos pensando.

Problemas… A todo momento estamos nos nutrindo de pensamentos negativos.

Você acredita que poderá construir uma vida próspera e viver feliz pensando assim de si mesmo? Este é o grande questionamento desse incrível livro. É no momento presente que temos a chance de tomar decisões, de nos empenhar e mudar qualquer coisa, pois tudo aquilo que está acontecendo conosco atualmente é o resultado de tudo o que pensamos e acreditamos no passado.

Podemos modificar nosso pensamento sobre o passado. Porém, o passado não volta, já acabou. O mais importante são nossas escolhas de hoje. Permita que as lembranças sejam apenas lembranças. Somos 100% responsáveis por tudo aquilo que nos acontece. Simples assim.

O grande problema é que sentimos que não somos bons o bastante.

Sentimento que demonstra falta de amor por nós mesmos. Este é o grande dilema de todos nós. Se formos à fundo nas questões que nos afligem, vamos encontrar ao final, o imenso vazio da falta de autoamor.

Problemas como, falta de saúde, de dinheiro, relacionamentos insatisfatórios e falta de auto-valorização são apenas algumas consequências da falta de amor-próprio, segundo a autora.

O mais importante é decidir mudar, não são os outros que devem mudar e sim nós mesmos. O ponto em que mais resistência há é aquele que mais precisa ser trabalhado. Por exemplo, perdoar alguém.

Talvez a questão seja perdoar-se!

 

Willow Tree (5170)

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você