[ editar artigo]

BELINHA E O VAGALUME DENDÉM

BELINHA E O VAGALUME DENDÉM

 

"- Vagalume Dendém, sua mãe está aqui, o seu pai também..."
"- Belinha, do que você está brincando?"
"- De Vagalume Dendém."
"- Ahhh, meu Deus, Belinha... Parece uma tonta rodando no quintal."
"- Vagalume Dendém, sua mãe está aqui, o seu pai também..."
"- Espera, espera, espera... Eu quero brincar também, Belinha. Eu gostei dessa brincadeira..."
"- Óh, então vai lá chamar todos os meninos, enquanto eu vou chamando os vagalumes..."
" - Todos os meninos?"
" - É! Todos... Pra gente poder brincar..."

Aí lá vem o Joãozinho. Achando que tapearia Belinha, traz na mão uma tocha com fogo...

"- Vagalume Dendém, sua mãe está aqui, o seu pai também..."

"- Ih, Joãozinho... Você achou que eu sou boba? Olha o tamanho do farolzinho do vagalume. Vagalume tem o olhinho pequenininho... Mas você é um bobão mesmo, hein?"

"- Bobão nada... Quer ver? Eu também vou chamar: Vagalume Dendém, sua mãe está aqui, o seu pai também..."

"- Ah, que coisa sem graça..."

Quando de repente, surgiu aquela molecada cantando junto:

"- Vagalume Dendém, sua mãe está aqui, o seu pai também..."

E de repente, num voo rasante...Schúúú... Algo grudou no cabelo de um...

"- Belinha! Aqui tem um vagalume gigante!"
"- Não, seu bobo! Isso não é vagalume gigante, não! Você não tá vendo? Você não sabe diferenciar um vagalume de um morcego? Isso é só um morceguinho... Ai, como vocês são medrosos,... Parece nem ter nossa coragem..."

E Belinha continua:
"- Vagalume Dendém, sua mãe está aqui, o teu pai também..."

De repente o morcego pega na Belinha e Belinha endoida e fica morta de medo... E Belinha começa a chorar...

"- Aí, Belinha! Aí... tá vendo? Até agora a pouquinho você estava fazendo gracinha...

"- Não! Eu só estava chamando ele, pra ele iluminar, pra gente poder brincar..."

Belinha achava que, cantando, os vagalumes iriam se juntar (todinhos) e que iria ficar acesa aquela lâmpada deles. Belinha chamava de lâmpada,... olha só pra vocês verem. Ela achava que os olhinhos dos vagalumes iriam clarear o lugar onde eles estavam, pra eles brincarem de ciranda-cirandinha.
E de repente, Belinha faz mais  escândalo ainda, pois começa aparecer morcego daqui, morcego dali, morcego...

E de repente aparece o vovô José vendo aquele choreiro:

"- Que é que foi, criança?"
"- Vovô... vovô... A gente estava brincando de vagalume dendém e apareceram os morcegos..."

Aí vai o salvador do pátria, o vovô José, pega uma vassoura e espanta os morcegos.
E a criança toda volta a brincar de vagalume dendém... E passado o susto, Belinha e as demais crianças sorriam novamente e cantavam:

"- Vagalume Dendém, sua mãe está aqui, o seu pai também..."

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você