[ editar artigo]

Carta aos antepassados

Carta aos antepassados

Queridos,

Ao pesquisar sobre vocês, compreendi tantas dores, sofrimentos e até a postura corporal das mulheres da família. Todas têm escoliose, carregando pesos ao longo dos anos, pesos esses que não são nossos mas dos nossos antepassados.

Deixar suas pátrias, sua vida para trás e chegar ao Brasil, iludidos pelo novo mundo, e não encontrar aqui nem um teto para se abrigar... apenas a imensidão das matas.

Derrubar árvores para construir suas casas, comer alimentos desconhecidos, sobreviver. Quanta dor, quanta fome! (Minha nona dizia que fazer regime era pecado). Por todas as adversidades que enfrentaram quero lhes agradecer imensamente.

Agradecer pela minha vida e pela mulher que sou. Essa herança impregnada em mim de trabalho, resiliência e solidariedade.

Agradeço aos meus pais, avós, bisavós, trisavós e demais. Vocês abriram a picada para que hoje minha família e eu possamos usufruir das benesses que a vida proporciona.

Todos vocês têm um bom lugar no meu coração.

Eu os acolho com todo carinho. Sinto muito pelo seu sofrimento. Porém, a partir de agora estou liberta dos padrões repetidos até aqui. 

Muito obrigada.

 

Violets Tastes

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você