Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
loading
VOLTAR

CARTA AOS ANTEPASSADOS

CARTA AOS ANTEPASSADOS
Derly Ferreira Assunção de Almeida
dez. 29 - 2 min de leitura
000

Meus queridos antepassados,

É com um grande aperto no peito que lhes escrevo, sinto um pouco de angústia.

Eu nasci mais moreninha, do cabelo lisinho e com uma cicatriz na bochecha. Me chamavam de índia e tenho certeza dessa ancestralidade por parte de pai.

Minhas buscas por terapias holísticas demonstram minhas raízes e, a marca que tenho na bochecha, eu sinto em meu coração como se fosse uma flechada, mas veio de qual de vocês? Só o que sei é ser um sofrimento que atravessou gerações.

Gosto muito de ajudar as pessoas, principalmente os familiares próximos. Tive câncer de mama em 2018 e a sensação que me acompanhava era de abandono.

Hoje, após uma constelação para a doença citada, e outra para uma sobrinha neta, me sinto liberta desse sentimento.

Gratidão!

Sempre fui muito ligada ao meu pai, era a sua pretinha, a caçulinha. Cresci numa família de muito amor. Pais amorosos e protetores, irmãs atenciosas.

Minha mãezinha, tão linda, que não pode estudar ou ser filha de Maria, como tanto sonhou, mas que lutou fortemente para que as seis filhas vivas se formassem em uma profissão: professoras.

Minha avó materna, que ajudou no sustento dos filhos fazendo funilaria, sinto muito orgulho dela.

Minha família por parte de mãe, que veio da Alemanha durante a Segunda Guerra, e creio que eram judeus pois aqui também sofreram perseguição.

Casei aos dezenove e tive dois filhos maravilhosos, que escolheram outros países para construírem suas vidas. O primeiro marido foi apenas genitor, o segundo uma pessoa muito especial, de uma parceria incrível.

Meu avô Antônio, por parte de pai que vendia leite na carroça e fazia vinhos deliciosos.

Os natais que eram pura alegria, num almoço de mesa farta e muitos doces, feitos pela vovó Bilinha.

Minha irmã Denise, que muito me ensinou e hoje não se encontra mais aqui, iniciou os estudos de nossos antepassados e hoje, com muito orgulho dou sequencia a ele. Mana, que acredito ser uma alma sábia e que já divergia dos padrões tidos “normais”, gratidão eterna!

É incrível pensar em quantos de vós vieram antes de mim. É maravilhoso saber que sou a caçula de sete, pois uma não nasceu.

Eu tenho muito a aprender e descobrir sobre vocês. Quero estar em paz, quero curar as feridas que temos.

Com amor,

Derly

 

 

 


Denunciar publicação
    000

    Indicados para você


    Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica

    Verifique as políticas de Privacidade e Termos de uso

    A Squid é uma empresa LWSA.
    Todos os direitos reservados.