[ editar artigo]

CARTA AOS ANTEPASSADOS APÓS EXAME DE DNA GENEALÓGICO

CARTA AOS ANTEPASSADOS APÓS EXAME DE DNA GENEALÓGICO

Santa Maria, 25 de abril de 2021.

 

Queridos antepassados.

 

Até onde sei, eu sou a sétima filha de Severino Bolzan e Ernesta Taschetto Bolzan, tenho 57 anos, no momento estou aposentada, fui professora das séries iniciais e do ensino médio e funcionária pública municipal.

Após o exame de DNA genealógico, estou escrevendo essa segunda carta, para incluir os que ainda não sabia, pois não tinha conhecimento de toda minha origem, agora sei que a maior parte é da Europa ( Itália, Balcãs, Ibéria, Europa Ocidental, Leste Europeu, Fenoscândia, Sardenha, Basco, Cáucaso) e pequena parte das Américas ( Nativos Norte-Americanos).

Hoje entendo um pouco mais sobre a minha vida, por exemplo: gosto muito de comer frutas do mato, subir em árvores, caminhar em meio a natureza, tenho apreço por “pedras”, chás naturais com folhas das plantas, agora eu sei que esse gostar veio dos povos nativos – índios. Não entendia por que desde pequena um irmão, apenas um irmão meu me chama de “ ÍNDIA”, agora eu sei e sinto orgulho quando ele me chama assim.

Eu sinto muito, mas muito mesmo por todo o julgamento e o “pouco caso” que eu tinha em relação ao povo indígena, cresci ouvindo dizer que os índios “não produziam muito para o país”.

Sinto muito por todo o sofrimento que o povo indígena teve e tem até hoje, sendo expulsos de suas terras, mortos por brigas por terras, pelas condições desfavoráveis de vida digna, com falta de alimentação e cuidados de saúde.

Tenho em minha casa, conforme foto acima, “pedras” que foram encontradas nas terras do meu avô, que dizem que são utensílios indígena. Agora mais do que nunca será guardada com muito carinho em honra a vocês povo indígena.

Hoje entendo por que sempre gostei de música portuguesa e espanhola, pois tenho essas descendências.

Eu não sei quantos antepassados do meu sistema familiar foram esquecidos, não vistos, excluídos, não nascidos , quero que saibam que sinto muito pela minha ignorância/desconhecimento por não ter visto antes esses sofrimentos de vocês , porém a partir de agora vocês, TODOS VOCÊS DO MEU SISTEMA PERTENCEM A NOSSA FAMÍLIA, todos tem um bom lugar no meu coração, eu vejo vocês, acolho vocês com muito carinho e gratidão. Que cada um que não teve o AMOR DE MÃE, receba esse amor e aconchego.

Todo o sofrimento, guerras, fome, violência, medo, tudo já passou, agora vocês podem voltar para casa, para o AMOR, para o colo e aconchego da mãe e do pai de cada um de vocês.

Vocês fizeram o que puderam, o que sabiam, e o mais importante fizeram, A VIDA QUE CHEGOU ATÉ A MIM, sou muito grata por isso. Se algo me faltou, agora eu posso fazer diferente. Agora eu faço o melhor por vocês também, como ter comida - não precisamos mais passar fome, roupa adequada – não precisamos passar frio, casa que nos dá segurança.

Para a minha mãe que está junto ao Pai do Céu e Nossa Senhora,  que ela saiba que a maior demonstração de honra e amor que sentimos por ela é que Todos que ficaram cuidam de Todos, cada um do seu jeito e condição.

Em honra a vocês, pretendo conhecer alguns países de onde vocês vieram, pois certamente muitos gostariam de ter voltado para suas pátrias mães e não conseguiram, imagino quanto saudade e quanta tristeza tiveram por isso. Me sentirei muito feliz na terra natal de vocês.

Lembro que quando estive em Roma me senti tão bem quando lá cheguei, agora eu sei porque me senti “ como se estivesse em casa”, na realidade estava na casa de vocês, que são uma parte da minha família.

Estou providenciando algumas bandeiras que representam a terra de vocês para ter na minha casa, para lembrar de onde vocês vieram.

Despeço-me aqui com muita gratidão e amor no meu coração, pedindo a cada um de vocês que sempre abençoe a mim e a minha vida.

Recebam meu abraço bem carinhoso.

 

 

 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ivete Bolzan
Ivete Bolzan Seguir

Sou a sétima filha de Severino Bolzan e Ernesta Taschetto Bolzan. Moro em Santa Maria - RS . Atualmente aposentada.

Ler conteúdo completo
Indicados para você