[ editar artigo]

CARTA AOS ANTEPASSADOS

CARTA AOS ANTEPASSADOS

Para algumas pessoas, como demora o tempo chegar para perceber que a vida tem muita influência dos nossos antepassados em nosso cotidiano. Que fazemos muitas coisas seguindo uma certa tradição, conscientemente ou não.

Minha avó materna veio pequena do Japão, chegou ao Brasil com 8 anos, uma viagem bem longa de navio. Ao chegar aqui passou por diversas dificuldades, desde a língua diferente, costumes diferentes, pessoas de cores diferentes, animais nunca vistos antes, não podia frequentar escola, era mulher e por isso "tinha" que ser dona de casa, mãe e esposa.

Abriu mão de seus sonhos para poder construir e cuidar da família.

Casou-se muita nova com meu avô em um casamento arranjado, muito comum na época. Batalharam muito, trabalharam na roça, em olaria e com muito suor conseguiram se estabelecer. Constituíram uma bela família. Tiveram 3 filhas.

A mais velha casou-se com um descendente de oriental e tiveram 2 filhos, a do meio casou-se com um brasileiro e tiveram um casal de filhos e a mais nova, minha mãe, me teve. O meu pai, brasileiro, veio a falecer antes de eu nascer, sem saber que eu estava por vir. Só soube depois de 40 anos. Por isso não tenho o sobrenome do meu pai em meu nome.

Através dessa linhagem pude aprender muito sobre disciplina, honestidade, empenho e dedicação. 

Fui criado por meus tios, juntos com meus dois primos, meus irmãos. Sempre tive tudo o que eles tiveram, mesma criação, escola, viagens e cursos. Sou totalmente grato a eles. Nunca perguntei sobre meu pai para a minha mãe com receio de magoá-la. Após ter feito minha constelação familiar, pude me aproximar da minha mãe, e "conhecer" o meu pai, deixando de lado todos os julgamentos que eu tinha em relação a ele. 

A partir desse momento muitas coisas mudaram no campo.

Estou mais próximo de minha mãe, consegui agradecer pessoalmente meus tios por tudo, hoje sempre abraço meus familiares, minha vó principalmente. O meu avô fez a passagem esse ano e somos muito gratos por todos os ensinamentos deixados por ele.

Seguindo essa linhagem, hoje com 3 meses, tenho o meu filho, mestiço, um japinha, que traz muito orgulho pros seus pais e que carrega o sobrenome da minha família, o sobrenome dos meus antepassados, o sobrenome Yoshida.

Gratidão a essa linhagem que segue se desenvolvendo e fortalecendo.

 

Laurie Beth Zuckerman: LAURIE ZUCKERMAN PHOTOGRAPHS FOLK ART SACRED HEARTS IN NEW MEXICO CEMETERIES

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
André Yoshida
André Yoshida Seguir

Um ser em constante mudança e aprendizado.

Ler conteúdo completo
Indicados para você