[ editar artigo]

CARTA AOS ANTEPASSADOS

CARTA AOS ANTEPASSADOS

Minha querida família, como gostaria de ter conhecido e convivido com vocês, como gostaria de ter escutado as histórias de meus bisavós e quem sabe de meus tataravós.

Pelo pouco que sei uma parte de vocês é de Minas Gerais, outra parte do Ceará, e alguns sei que cresceram no Paraná. 

Como gostaria que esses conhecimentos que estou tendo oportunidade de ter tivessem chegado à vocês, para que não tivessem sofrimento, pobreza, etc.

Hoje incluo cada um de vocês na minha vida, gratidão por terem lutado e chegado onde chegaram, gratidão por não terem desistido. Hoje vejo vocês com amor, respeito e gratidão. Agradeço meus avós por terem dado à vida aos meus pais. Agradeço aos meus pais por terem me dado a vida.

Aos meus antepassados, quanta força me deram. Carrego isso dentro de mim e sei que vem de vocês, pois com tantas histórias de roça, uma vida difícil, mas sempre seguindo em frente, nunca desistindo, procurando sempre o melhor.

Hoje incluo os excluídos do meu sistema, os que não podiam ver, os que não podiam andar, os que não podiam comer, os que não podiam falar, os que não puderam nascer, os que tinham alguma doença física ou mental. Hoje incluo todos aqueles que foram excluídos por algum motivo, hoje eu vejo todos vocês. Sintam-se amados e queridos.

Perdão aos meus antepassados por terem passado fome, sede, por terem apanhado, sofrido espancamento. Perdão por terem sido violentados, por não terem sido felizes, por não terem tido uma vida próspera, por tudo de ruim que aconteceu a vocês.

Aos que partiram cedo demais, que não tive oportunidade de conviver e nem me despedir, agradeço por terem feito parte da minha família. Ao meu pai só tenho à dizer que amo muito. Obrigada por ter me dado a vida, por ter salvado a minha vida. Quantas saudades meu papai, quanto amor sinto por você, da pessoa maravilhosa que escuto dizer que era.

Todos falam sobre o senhor só coisas boas, um grande homem. Sou muito grata e orgulhosa de ser sua filha. Uma pena que aos meus 3 meses de vida você teve que partir, mas te levo comigo em meu coração, em meu pensamento, sempre do meu lado. Gratidão papai pela minha vida, eu te amo!

Finalizo essa carta aos meus familiares, aos meus antepassados, dizendo que sinto muito. Agora vejo e aceito todos vocês, e sou grata por tudo que puderam fazer, amo vocês!

Deus continue abençoando e protegendo toda minha família.

Amém!

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você