Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
loading
Constelações SistêmicasVOLTAR

CARTA AOS ANTEPASSADOS

CARTA AOS ANTEPASSADOS
Ana Caroline Bezerra de Miranda
out. 24 - 3 min de leitura
000

Queridos antepassados.

Poucas sãos as histórias que ouvi sobre vocês, contadas pelos meus avós, tios, pais, de onde vieram, as dores que carregaram, incertezas que viveram.

Sei que, a vida não foi fácil, a labuta rural, muitos filhos e sem descanso. Também sei que, os meus pais se casaram muito jovens, aos 18 anos, e desde a infância já precisavam lidar com as responsabilidades da vida adulta.

Um irmão criava o outro enquanto o pai e ou a mãe trabalhavam para o sustento da casa.

Na minha vida, carrego essa garra de vocês, essa luta pela sobrevivência. Também precisei ser a figura materna para o meu irmão mais novo já que meus pais trabalhavam o dia inteiro e chegavam apenas a noite.

Hoje compreendo muito do comportamento dos meus pais conosco. Comigo e com meus irmãos. Não é justo cobrar de quem não recebeu. E sei que fizeram tudo o que puderam, chegaram aos seus limites para dar o seu melhor. Eu os honro, vejo e os respeito.

Agradeço por toda a trajetória que conheço e tentarei descobrir o que ainda não tenho conhecimento. Guardo memórias maravilhosas da convivência com meus avós e sou muito agradecida por ter convivido com vocês.

O amor construído jamais sairá de mim. Faço questão de tê-los no meu dia a dia como guias. Sempre que cozinho lembro da minha avó paterna e das minhas tias que são cozinheiras de mão cheia. 

Quanto às minhas raízes, sei que meu avô era filho de índia e que a minha bisa foi encontrada na mata, perdida. Meu biso a encontrou e a amparou.

Não houve captura, mas, sei que precisou se adaptar a um estilo de vida urbano já que vivia na mata e imagino o quanto deve ter sido dolorosa a sua adaptação a uma nova cultura .

Quero dizer que hoje eu os vejo. Não existe mais essa busca incessante pela sobrevivência. O pior já passou. As longas distâncias que precisavam ser percorridas a pé não existem mais.

A vida é mais prática, hoje. Não há mais fome.

Agradeço a vocês por terem existido, aos que conheci pessoalmente ou por histórias contadas. Aos que sei o nome e aos que não sei.

Agora eu os liberto de toda dor, de toda culpa, de todo rancor, desamor e de qualquer outro sentimento que os prenda ao sofrimento. 

Carrego de vocês a garra, o partilhar, o amparar, o ouvir , o cuidar, o aconchegar. 

Agradeço imensamente e me despeço de todos, os vistos e os não vistos, com muita gratidão, libertação e amor.

Agora, todos vocês estão em seu devido lugar, a ordem foi restaurada. 

Participe do grupo Constelações Sistêmicas e receba novidades todas as semanas.


Denunciar publicação
    000

    Indicados para você


    Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica

    Verifique as políticas de Privacidade e Termos de uso

    A Squid é uma empresa LWSA.
    Todos os direitos reservados.