[ editar artigo]

Carta aos homens de minha família paterna

Carta aos homens de minha família paterna

Carta aos antepassados.

Querido trisanono... Vettore hoje sei o quanto estamos ligados... eu sei o quanto você sofreu por ter que deixar teus filhos partirem, eu vejo seu sofrimento, e te digo, muitas vezes esse sentimento de abandono vinha em mim sem saber porquê, hoje eu sei que não era abandono, mas o medo de perder de não ver mais.

Caríssimo nono, eu Magda, sinto muito pelo teu sofrimento, eu sinto muito. E sou grata pelo que você passou para que hoje eu pudesse estar aqui escrevendo para você. Gratidão.

Bisanono Constante, sim eu sei o quanto você sofreu deixando teu país para trás, teus amigos, teus familiares, aqueles que não morreram pela fome, pela dor, pela guerra. Eu sei que muitas vezes era o álcool que te aquecia nas noites frias do navio. Também sei que foi o álcool que te acompanhou aqui longe de tu mama e tu papa... e quiçá de um amore? Sim eu sinto muito... Eu, tua bisneta Magda, a que leva o nome de tua mama, digo pra ti: Eu sinto muito pelas noites frias, solitárias. Mas te agradeço por ter sido esse homem forte, que atravessou oceano em busca de uma vida melhor. Gratidão... Gratidão... Gratidão... eu tenho uma vida muito melhor.

Gracie... Gracie... Gracie!!!

Meu querido nono Vitório querido mio, eu sei que o amor não fluía bem em ti, por isso teu core parou. Mas eu tua neta Magda te vejo, e sinto muito pelas perdas, pelas noites mal dormidas, pelas brigas, pelas mortes prematuras. Io sinto molto. Gratidão noninho querido... pelo meu papai (Olha só, a nona me falou que eu sou muito parecida com você. Kkk).

Meu amado pai, eu sei o que você passou, as noite de frio, a dor da morte do nono, o quanto somente o álcool podia ser o calor para vocês. Eu sinto muito mesmo.

Então, hoje sabendo de toda essa trajetória de homens fortes, e mortes prematuras de filhos que buscam seus pais lá em Vettore. Eu peço a permissão para que eu e meus irmãos possamos fazer diferente. Honrando à todos com muito amor, harmonia. As brigas ficam no passado, o álcool já não faz mais sentido em nossa geração e nem em outra geração posterior.

Gratidão meus queridos. Gracie Gracie Gracie.

Tanto amore per voi.

 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você