[ editar artigo]

CARTA AOS MEUS ANTEPASSADOS

CARTA AOS MEUS ANTEPASSADOS

Hoje estou aqui pra agradecer a vocês que vieram da Itália de navios.

Meu querido vovô que sentava pra contar histórias de seus pais que vieram fugindo de guerras da fome, quantos sofrimentos...

Eu sinto muito, vejo as crianças que sofreram naquela viagem, passaram fome, frio. Eu sinto muito, vocês chegaram sem saber o que fazer, sentido medo do que iria acontecer. Vocês venceram, aí chegaram meu nono com a minha nona, tiveram seus filhos.

Um deles era meu pai Joaquim, que casou se com minha mãe e tiveram seus sete filhos aqui e um no céu. Com amor que incluo você, meu irmãozinho Domingos, e também incluo todos os meus antepassados com muito amor.

Eu sinto muito, vocês foram muito importantes no nosso sistema, pesquisando, encontrei meus ancestrais italianos que chegaram em 1886, 1889 e 1891. Eu incluo todos com muito amor. Sou muito grata por tudo o que me foi ensinado.

Hoje eu sei que o senhor, meu nono, sofreu quando seus filhos partiram tão cedo, como meu pai. Gratidão pela vida papai, fez o que pôde por nós. Eu os amo tanto!

Hoje eu estou bem, casei e tenho um filho e duas filhas, além de duas netas e um neto. Todos muito amados.

Estou fazendo da minha vida algo incrível, hoje não passamos fome, somos saudáveis, amo meu trabalho...

Mamãe eu gostava muito de ajudar a senhora a costurar aqueles lindos vestidos de noiva... eu sigo a profissão de moda, mamãe!

Gratidão queridos pais, avós e todos os meus ancestrais, por terem traçado o meu caminho.

Peço suas bênçãos, papai e mamãe, pra continuar a vida.

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você