Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
loading
Constelações SistêmicasVOLTAR

CARTA AOS MEUS ANTEPASSADOS

CARTA AOS MEUS ANTEPASSADOS
Kelly von Knoblauch
mar. 22 - 3 min de leitura
000

Agora estamos em casa!

Queridos antepassados. Querido vovô materno e querido bisavô paterno, em especial vocês dois, que na mesma época saíram da pátria amada alemã e se aventuraram nas terras brasileiras, buscando a construção de uma nova vida. 

Hoje eu sei o quanto deve ter sido difícil e doloroso. O quanto vocês desejaram voltar atrás, e não puderam retornar. Acabaram ficando aqui, para sempre, nessas terras. 

Mas o desejo de vocês não morreu. E dezenas de anos mais tarde eu nasci, e fui muito leal a esse desejo. E não fui feliz aqui. Sofri aqui e odiava estar aqui nesse país. E de tanto querer ir embora daqui, fui atrás de minha Dupla Cidadania Alemã, que vocês dois deixaram como herança sagrada para mim, com todos os documentos existentes e perfeitamente válidos. Então enviei o pedido à amada pátria alemã.

Mas a Pandemia de Covid chegou e atrapalho tudo, e o processo parou na metade.

Era necessário esperar ainda mais um pouco. E sofrer, e resgatar tudo, cada pedacinho de memória e pesquisa numa busca genealógica que beirava a obsessão.

Meu coração necessitava encontrar todos os meus antepassados, e assim o fiz, e completei minha árvore genealógica até 10 gerações anteriores. Ninguém, absolutamente ninguém ficou de fora! Nem um excluído. Todos foram localizados, nomeados e devidamente incluídos. Entretanto ainda teve amor para os natimortos, os assassinados e seus assassinos, os infiéis e também para as amantes. Para os fugitivos e para as corajosas, e também para as que abandonaram. Para todos.

Doeu muito esse processo, e demorou. Vocês sabem, pois estavam aqui me orientando o tempo todo, me acompanhando. Até o dia em que incluí a última amante que faltava localizar. Margarida, igual a flor. Então acabou, não faltava mais ninguém. Era 30 de janeiro de 2021. 

Então em 19 de fevereiro de 2021, exatamente 100 anos da chegada do primeiro de vocês nessa terra brasileira, nesse mesmo dia, eu me tornei alemã, com a chegada da minha Dupla Cidadania. 

Sempre ficava imaginando qual seria a minha reação neste dia. Choro, alegria, euforia, gritos, sei lá o que de fato aconteceu? Sentei no sofá da cozinha e respirei finalmente aliviada. Finalmente minha alma estava de volta à pátria amada. 

E agora que posso ir embora e entrar na Alemanha como alemã, não quero mais ir embora. Dei a meus antepassados esse presente de poderem voltar pra lá, em meu coração e em minha alma, que antes não era nem daqui, nem de lá. Mas agora é daqui e é também de lá!

Seguimos juntos! Gratidão!

Participe do grupo Constelações Sistêmicas e receba novidades todas as semanas.


Denunciar publicação
    000

    Indicados para você


    Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica

    Verifique as políticas de Privacidade e Termos de uso

    A Squid é uma empresa LWSA.
    Todos os direitos reservados.