Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
loading
Constelações SistêmicasVOLTAR

CARTA AOS MEUS ANTEPASSADOS módulo 1

CARTA AOS MEUS ANTEPASSADOS módulo 1
Rita Mileni de Souza Lima
mai. 16 - 3 min de leitura
000

 

Meus queridos antepassados,

Meu coração se enche de alegria de ter em minha origem, as histórias de amor de todos os senhores. Essa linda foto dos meus avós que ilustra esse carta representa todos os senhores.

 Eu tenho imensa gratidão por cada um que veio de Portugal, do continente africano e da mata. 

Vejo e honro tudo que passaram por décadas: as viagens, o sofrimento e fome no sertão; as lutas por território e fugas pela mata para proteger seus filhos. 

Eu vejo também a alegria de festejar, dançar, se enfeitar para a vida.

Eu os vejo, os sinto e tenho um lugar no meu coração para cada um de vocês.

 Eu sinto e carrego o amor de todos em cada célula do meu corpo.

Minhas queridas e abençoadas antepassadas eu sinto a força da lida de todas as senhoras. Vejo seus trabalhos de lavadeiras e ouço seu canto a margem do igarapé, cozinheiras, donas de casa, da lida da roça, da sala de aula. Eu sinto muito as lágrimas ao perder um filho recém nascido e pelos não nascidos e dou um lugar no meu coração a cada um deles; as lágrimas e preocupações com a espera dos companheiros em suas longas viagens.

Eu vejo a preocupação quando se sentiu abandonada com os filhos, mas todos foram muito bem criados por vocês mulheres vencedoras e merecedoras de amor.

Meus queridos antepassados eu carrego comigo a força, a vontade de ir para o mundo, conquistar terras, seu lugar no mundo, eu honro essa jornada dos que vieram de Portugal e dos que sofreram as torturas da escravidão e escolheram o Nordeste para viveram e se deparam com a seca.

Eu me lembro das festas na casa da minha avó Veneranda, do vó Pedro me dando guaraná, do sofá da vó Maria, vô Geraldo não lhe conheci mas tem um bom lugar no meu coração.

Mãezinha ( nossa bisavó) lembro das broncas, mas lembro da força que via com olhar de menina da época que a senhora passava apesar de aparência frágil.

Eu vim do amor de minha mãe e meu pai que vieram de vocês e sinto essa ancestralidade de força e amor.

Eu sou grata pelo colo e pelo impulso a vida, aceito tudo como foi e mencionando Hellinger:

-“Foi assim. Aceito tal como foi. Agora vou tirar proveito disso. Vou aprender com isso e ganhar força”.  

Eu peço permissão para  que se for preciso, fazer diferente e ser abençoada pelos senhores!

Sou grata pela vida e pelo Amor!

 

Participe do grupo Constelações Sistêmicas e receba novidades todas as semanas.


Denunciar publicação
    000

    Indicados para você


    Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica

    Verifique as políticas de Privacidade e Termos de uso

    A Squid é uma empresa LWSA.
    Todos os direitos reservados.