Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
loading
Constelações SistêmicasVOLTAR

CINDERELA, MEU CONTO DE FADAS PREFERIDO E A DINÂMICA NO MEU SISTEMA

CINDERELA, MEU CONTO DE FADAS PREFERIDO E A DINÂMICA NO MEU SISTEMA
Rita Mileni de Souza Lima
abr. 2 - 2 min de leitura
000

A preferência ou identificação da criança por determinado conto reflete muitas dinâmicas sistêmicas presentes no sistema familiar da criança.

Por isso pode-se assumir que as histórias exerçam para as crianças, entre outras, a função de trazer à luz um acontecimento existencial importante na vida de alguém ligado à família ou até de algum estranho, mas de modo indireto e encoberto e cabe ao mediador ou terapeuta ter o conhecimento e sensibilidade de identificar as dinâmicas sistêmicas implícitas na preferência dos contos ou fábulas.

Meu conto de fadas preferido era a cinderela ou gata borralheira.

Após a leitura do livro “Ah, que bom que agora eu sei...” qual dinâmica consigo identificar sobre esses contos no meu sistema? Uma vez que os contos de fadas e as fabulas sempre estão presente no universo infantil, através dos livros, desenhos animados e filmes.

A história da Cinderela nem sempre diz respeito a uma mulher abandonada pelo pai em favor da própria mãe. Algumas vezes ela aponta apenas para o destino feminino na linhagem materna.

Uma filha olha cheia de pena para a mãe e a avó e suas vidas marcadas pelo trabalho pesado e justamente essa dinâmica que me identifico, venho de um sistema de mulheres que muito trabalharam, foram abandonadas pelo masculino, mulheres alegres, bonitas que gostam de festejar, as “mulheres guerreiras” que precisam trabalhar muito e sonham em bailar nos braços do príncipe, o que Bert Hellinger resumiu certa vez a temática desse conto de fadas como “saudade do príncipe, ainda na terceira geração”.

A preferência para Cinderela me fazia olhar para minha mãe, avós e antepassadas,  para seu cansaço, fardo pesado as tarefas domesticas,  de criar seus filhos com a ausência de um masculino. Recordo-me também que amo dançar e lembro-me de meu avô dançando comigo Luiz Gonzaga com meus pezinhos acima dos seus pés.

Portanto hoje posso honrar a história de todas minhas antepassadas e deixar com elas a carga pesada de cuidar de tudo sozinha, pois agora podemos delegar algumas funções e ter uma vida mais leve! Hoje podemos nos arrumar, estarmos belas quando quisermos e não somente para os eventos sociais e não precisamos mais suspirar de saudade do masculino.

#mod06#conclusão

Participe do grupo Constelações Sistêmicas e receba novidades todas as semanas.


Denunciar publicação
    000

    Indicados para você


    Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica

    Verifique as políticas de Privacidade e Termos de uso

    A Squid é uma empresa LWSA.
    Todos os direitos reservados.