[ editar artigo]

COMO DESENVOLVER PROTAGONISMO ENQUANTO PACIENTE? PARTE 2

COMO DESENVOLVER PROTAGONISMO ENQUANTO PACIENTE? PARTE 2

Então, se deixamos que o outro tome conta totalmente, não nos envolvemos e acabamos não exercitando o protagonismo e autonomia. Para ser protagonista precisa de coragem, resiliência, envolvimento, curiosidade, atenção, paciência, empatia, capacidade de perdoar.

Teve momentos que eu teria direito de fazer escândalos imensuráveis no hospital, mas escolhi sempre os bons modos, a ponderação e a solução. Eu vou até o hospital para resolver as minhas questões de saúde e não para criar mais problemas. Nos momentos tensos eu respirava fundo e pensava: só por hoje eu não vou me importar porque só quero ir o quanto antes para casa. Ah, mas estou há 16 horas esperando aqui. Sim, daqui a pouco estarei em casa.

O protagonismo não vem pronto, ele é construído ao longo do caminho.

É muito mais fácil terceirizar e depois reclamar que as coisas não dão certo. Quando nos tornamos protagonistas fazemos a nossa parte e deixamos que os profissionais da saúde façam a deles, mas não de modo cego. Estamos conscientes de que se eu perceber que algo está desalinhado com o que conheço eu não preciso aceitar.

Isso não é fácil e nem simples.

Vai ter gente que não vai querer esse protagonismo porque dá muito trabalho! Eu prefiro ser a protagonista não só do meu tratamento, mas da minha vida. Paciente tem direito de saber o que está sendo feito! Paciente tem direito de saber quais remédios e protocolos estão sendo ministrados e programados. E devem ser informados acerca disso.

O paciente deve ser informado do que vai ser administrado em sua veia antes da administração. Paciente tem direito de perguntar, sentir medo, insegurança. Paciente tem direito de duvidar, buscar uma segunda opinião. Médicos não são donos da nossa vida!

Obs: A foto foi tirada na UR do HC, numa das minhas crises de dores extrema. Mais um dia que exercemos o protagonismo e descobrimos a neuropatia. Exercitar isso, tem suas vantagens!

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
MILENA PATRICIA DA SILVA
MILENA PATRICIA DA SILVA Seguir

Sou mãe do Henrique, escritora, professora de Direito Sistêmico, Advogada Sistêmica, pesquisadora, terapeuta, master treiner e coach em PNL, doula, paciente oncológica, apaixonada pela vida, pelo conhecimento, pelos livros e por chá de manjericão.

Ler conteúdo completo
Indicados para você