[ editar artigo]

COMO INCLUIR QUANDO NEM SE SABE QUANTOS ABORTOS

COMO INCLUIR QUANDO NEM SE SABE QUANTOS ABORTOS

Olinda, muitos casos de aborto na família, como posso incluí-los se nem sei quantos são?

 

Cara estudante,

Ai, meu Deus!

Enquanto leio essa pergunta me vem a sensação de uma chuvinha mansa durante o anoitecer e uma frase que minha mamãe sempre dizia:

- Deus sabe de todas as coisas.

Com todo este tempo de terapia e escutar corações doloridos meus olhos lêem esta frase assim:

- Olinda...   tantos morreram, tantos foram assassinados. Foi assim, fatos, acontecimentos. Talvez não houve pranto, luto, arrependimento, tristeza, saudades.

Uma afirmação assim seria verdadeira em relação a este sistema?

De todo modo o amor que bate à porta sempre tem um bom lugar no meu coração.

Como incluir?

Olhando com amor  o quanto o anonimato nos faz sofrer. O quanto nossa dor quando ignorada aumenta ainda mais a extensão da ferida.

Não é um mero exercício de barganha:" - vou desenhar trinta e duas mandalas para que todos estejam incluídos. Amém."

É um exercício de amor, compaixão, caridade, empatia, arrependimento pela ignorância que levou ao sofrimento ou por tudo o que deixou de ser ou por tudo o que foi.

Você imagina como é? 

A vida fica tão linda depois do deserto.  Caminhe por ele e encontre o oásis.

Um abraço florido de amor

Olinda Guedes

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
OLINDA GUEDES
OLINDA GUEDES Seguir

Oilá, gente linda! É uma boa história a minha vida... ainda temos muito a viver. A parte mais linda é ser "Mamain" das duas princesas Nina Maria, Camila Maria e dos cinco príncipes cavalheiros...

Ler conteúdo completo
Indicados para você