[ editar artigo]

Constelação e autonomia de vida

Constelação e autonomia de vida

Sobre auto- conhecimento

Olá pessoal, tudo bem?

Me chamo Diego Fernandes Baliero, tenho 33 anos e moro na cidade de Toledo PR. Vou aqui escrever um texto breve sobre as constelações familiares e o auto- conhecimento.

Quero descrever uma historia que começou em meados de 2012. Meu primeiro livro sobre desenvolvimento humano eu adquiri em 2004. Mal sabia o porque eu estava lendo este assunto, fui muito criticado por querer saber sobre essas coisas na época.

Enfim, meados de 2012, minha vida era um caos. Eu estava abarrotado de projetos, trabalho, drogas, amantes e etc. Até que cheguei em casa e minha antiga mulher me expulsou dali, da minha própria casa, com roupas, moveis... me colocou na rua mesmo. Tive que arrumar um caminhão de mudança para não perder o resto de minhas coisas. Enquanto ela chorava, me xingava e me perguntava por que havia feito tantas besteiras com ela, inclusive cobrou por ter lavado minhas roupas, eu ao entregar o dinheiro pra ela tomava uma decisão, a decisão de repensar minha vida.

A partir daquele dia fui morar sozinho. Com a esperança de começar melhorar as coisas foi que minha vida degringolou de vez, comecei atrair pessoas negativas, usava drogas todo dia, foi um verdadeiro inferno.

Então com a ajuda dos meus pais passei frequentar um medico psiquiátrico. A partir dai veio outra decisão. Sai de uma sociedade que não me permitia ir pra frente, uma empresa que só dava prejuízo, já era 2013. Após essa decisão montei um espetáculo artístico, pois além de proprietário de uma banda era mentor de um projeto de orquestra aqui da cidade.

Com o dinheiro desse espetáculo não tive duvida, fui conhecer o instituto Anauê-Teiño e a professora Olinda Guedes. Ao conhecer Olinda, tive certeza sobre algo que buscava a muito tempo, pois não procurava só um professor, intelectual ou terapeuta, eu queria mesmo era alguém que além desses predicados realmente se importasse com as pessoas e com o desenvolvimento humano. Acertei, Olinda tinha tudo isso e um pouco mais. Foi realmente libertador, pois passei acreditar na vida e que sim, os sonhos eram possíveis.

Chegou 2014 e disse sim a mais um chamado, voltei morar com meus pais. Já carregando as energias, 2015 mudei de emprego, entreguei um projeto musical que só me sugava e fui trabalhar na cidade de Palotina. Como já trabalhava como professor de musica desde os 15 anos, passei dar aulas particulares escapando um pouco das escolas que não podiam me pagar mais pelo trabalho, isso me deu bastante força e condição de continuar minha jornada. Agora, dava aula numa escola em outra cidade e também alunos particulares. O salário aumentou e voltei a estudar. Neste ano, frequentei o Anauê- Teiño, fiz vários cursos de constelação e PNL, além de entrar pra historia do primeiro livro sobre constelações familiares do Brasil, Além do Aparente, do qual tive a felicidade de contribuir com a trilha sonora da obra, a música "Pai" do Fabio Junior.

Chegou 2016 e saí da escola onde trabalhava decidido a pensar na minha autonomia. Passei a atender somente alunos particulares.

Ainda nesse ano voltei fazer alguns shows para conseguir algum dinheiro para voltar fazer cursos. Estamos em 2017, e por buscar autonomia, foi mais um ano de muitos aprendizados, foram inúmeros cursos e conhecimentos adquiridos. 

As constelações, bem como a programação neurolinguística, nos empurram para vida, para autonomia e performance como pessoa e seres humanos.

Graças a esses conhecimentos hoje olho para 2012 e percebo, que nunca fui viciado em drogas, nem em amantes, nem em trabalho, eu era viciado em infelicidade.

A felicidade tem um preço, ela tem um custo, os infelizes não fazem nada (Olinda Guedes). Essa frase faz muito sentido na minha jornada.

Hoje, além de atender meus alunos de música, dou os primeiros passos como terapeuta, ajudando e trabalhando com pessoas. Acredito que também novos conhecimentos e desafios estão a caminho.

As constelações me fizeram melhorar e muito a parte emocional. Ter conhecimento é uma benção em minha vida e na vida de tantos que conviveram e que também buscam novos desafios.

Hoje posso dizer a todos que a vida depende muito das decisões que tomamos.

Adquirir conhecimentos é ferramenta importante principalmente quando somos gratos pela vida. Sou verdadeiramente grato a tudo e todos que de alguma maneira contribuíram para que eu chegasse até aqui, onde eu estou hoje. Obrigado, obrigado, obrigado.

Espero poder ter contribuído com este texto. 

Um abraço e até...

Diogo Baliero

 

 

 

 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Diego Fernandes Baliero
Diego Fernandes Baliero Seguir

Olá. Me chamo Diego Baliero, conheci o trabalho das constelações através da professora Olinda Guedes no ano de 2013. Tenho 33 anos, trabalho como professor de música.

Ler conteúdo completo
Indicados para você