Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
loading
Constelações SistêmicasVOLTAR

CONSTELAÇÃO EM GRUPO - ATENDIMENTO ONLINE

CONSTELAÇÃO EM GRUPO - ATENDIMENTO ONLINE
Cleide Freitas de Souza
jun. 28 - 3 min de leitura
010

 

                         O dinheiro não abre nem fecha portas.

O dinheiro não abre nem fecha portas, é o que diz a mestra Olinda. Não podemos viver de migalhas; o universo encaminha coisas maravilhosas para nossa vida e nosso trabalho também.

Para ter prosperidade tem que ser generoso, quem dá migalha, recebe migalha.

 Gentileza e empatia muda o mundo: seja bom , ofereça coisas boas, quando a dor do meu irmão doer em mim, estou sendo empática.  

A mestra Olinda deu a sugestão do livro Criando Prosperidade, um livro que vai ajudar a entrar no fluxo da abundância.

A mulher e terapeuta ela cuida com afeto, contudo existe certa memória de orfandade no mundo dos terapeutas, parece que o homem ainda está na energia da guerra, está longe, lutando para proteger a manada. A mulher é quem mais faz terapia, ela percebe a vida de forma diferente abstrata e poética.

 A mulher está no mundo da terapia, mas ela está chateada com o masculino existe ai um corpo de dor separando homem e mulher, ela despreza o dinheiro e ele o afeto; a mulher terapeuta precisa fazer as pazes com o dinheiro, cuidar bem dele, valorizar seu trabalho, ela briga com o masculino.

Muitas vezes, permite coisas que não lhe agrada e protege mesmo sem ele merecer.  Ele quando não precisa ser doce nem do carinho dela prefere o poder ao amor, lembra-se da mãe que o abandonou.

Ambos vão para o mundo executivo e trabalhando no mesmo cargo: ela ganha 30 por cento menos que ele, isso está no campo energético da mulher, ela atrai essa realidade que está no corpo de dor do coletivo.

Ela vai ser terapeuta, vai cuidar, mas quem só cuida com afeto precisa também ser cuidada, existem três ps: permissão, proteção e potência .

O afeto está para a permissão e proteção enquanto que a potência está para o poder.

A lei Maria da Penha veio para proteger a mulher desse homem, que por vezes se mostra agressivo e selvagem, muitas vezes extrapola essa potência que está dentro dele em agressão e poder; a mulher tem seus direitos na lei precisa se resguardar dos momentos agressivos do homem, enquanto que ele se pedir medida protetiva vai ser zombado e chamado de frouxo.

Vivemos em uma sociedade machista onde ainda ouvimos que homem não chora, tem que ser firme durão.

Precisamos trabalhar muito isso em nosso coração, somente assim iremos banir esse corpo de dor.

Preces, meditação, discurso e desejo,  a intenção de fazer mudanças na vida vão ajudar muito, o decreto é a forma mais poderosa de oração, o universo conspira a nosso favor e quando decretamos ele nos encaminha coisas maravilhosas; outra forma é através da constelação, ela toca o coração e cura seu corpo de dor.

Tem coisas tão profundas que no silêncio qualquer palavra limitaria.

 

Módulo 9  -  Aula 13

Participe do grupo Constelações Sistêmicas e receba novidades todas as semanas.


Denunciar publicação
    010

    Indicados para você


    Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica

    Verifique as políticas de Privacidade e Termos de uso

    A Squid é uma empresa LWSA.
    Todos os direitos reservados.