[ editar artigo]

Constelação não é mágica e não cura tudo, mas ajuda a ressignificar sua vida

Constelação não é mágica e não cura tudo, mas ajuda a ressignificar sua vida

Os povos Drusos diziam “Nós não somos apenas o nosso corpo, mas dispomos dele como um instrumento útil e valioso”. A Constelação Familiar vem com esse olhar, o de que somos mais que um corpo. Essa terapia produz, de forma altamente eficaz uma surpreendente mudança de vida. É um grande motivo de orgulho, principalmente do nosso país, que agora amplia o seu olhar para tudo que se manifesta em um sintoma e também, nas questões de saúde. O Sistema Único de Saúde (SUS) já acolheu. E você, o que mais é verdade, que você nunca considerou?

Quem conhece a Constelação Familiar compreende que esse movimento tem uma dimensão profunda e trará um grande impulso de humanidade para nossa população. Na Portaria do Ministério de Saúde de número 702, de 21 de março de 2018, assim, fica definida a Constelação Familiar:

1- A constelação familiar é uma técnica de representação espacial das relações familiares que permite identificar bloqueios emocionais de gerações ou membros da família;

2-Desenvolvida nos anos 80 pelo psicoterapeuta alemão Bert Hellinger, defende a existência de um inconsciente familiar, além do inconsciente individual e do inconsciente coletivo, atuando em cada membro de uma família.

3- Hellinger denomina "ordens do amor" às leis básicas do relacionamento humano: o do pertencimento ou vínculo, o da ordem de chegada ou hierarquia e o do equilíbrio, que atuam ao mesmo tempo, onde houver pessoas convivendo.

4- Segundo Hellinger, as ações realizadas em consonância com essas leis favorece que a vida flua de modo equilibrado e harmônico; quando transgredidas, ocasionam perda da saúde, da vitalidade, da realização, dos bons relacionamentos, com decorrente fracasso nos objetivos de vida.

5- A constelação familiar é uma abordagem capaz de mostrar com simplicidade, profundidade e praticidade onde está a raiz, a origem, de um distúrbio de relacionamento, psicológico, psiquiátrico, financeiro e físico, levando o indivíduo para outro nível de consciência em relação ao problema e mostrando uma solução prática e amorosa de pertencimento, respeito e equilíbrio.

6- A constelação familiar é indicada para todas as idades, classes sociais e sem qualquer vínculo ou abordagem religiosa. Podendo ser indicada para qualquer pessoa doente, em qualquer nível e qualquer idade. Como por exemplo: bebês doentes são constelados através dos pais.

A Constelação Familiar não é mágica e não cura tudo, mas ajuda a mudar o significado das suas verdades absolutas. Bert Hellinger fala que 50% dos nossos problemas são sistêmicos e os outros 50% devemos buscar a solução através de outras abordagens. Não é para fazer constelação toda semana, temos que esperar os movimentos da alma e aguardar os resultados. Muito do que acontece em nossa vida, não é nossa culpa, mas é nossa responsabilidade resolver. Afinal, nossos pais já nos deram a vida e daqui para frente é por nossa conta!

 

        

            

 

 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
KAROLINNE DE OLIVEIRA SOUSA
KAROLINNE DE OLIVEIRA SOUSA Seguir

sobre mim Graduada em Administração de Empresas, MBA em Gestão de Projetos PMI e Gestão de Negócios, Coach Sistêmico, Facilitadora em Constelação Familiar e Organizacional.

Ler conteúdo completo
Indicados para você