[ editar artigo]

Crescimento Espiritual

Crescimento Espiritual

O crescimento espiritual precisa ser visto como uma caminhada constante e diariamente alimentada.

Em primeiro lugar, antecipamos uma explicação para algumas pessoas que pensam como eu pensava a algum tempo atrás. A palavra espiritualidade, como concebemos, vem da língua grega, cujo significado literal é sopro, vento que caminha ou simplesmente AR. Então, uma pessoa espiritualista, deve ser vista cientificamente como uma pessoa que inspira e expira naturalmente e tem consciência de que este AR que entra e sai de seus pulmões é um sopro de vida ou VIDA.  

Todos os outros conceitos sobre espiritualidade, que tem gerado ao longo do tempo, conceitos paralelos como religiosidade, e assim milhares de religiões, devem ser respeitados e assim seus praticantes, que são parte de um Todo Superior.

 "Somos todos Um". Aprender a colocar estes conceitos como parte da construção de nossa vida, como na construção de uma casa, é um trabalho para toda VIDA.

Nesse processo de respirar, viver, vamos incorporando as mais diversas situações,  hábitos ou comportamentos dos mais variados tipos, como alegria de viver, trabalhar, cooperar, descobrir o significado das coisas, amar, odiar, etc. Estas condições podem ser denominadas de partes. Todos, então temos partes amáveis e  parte temerosas, segundo Gary Zucav em seu livro, "O Poder da Afinidade". Colocar nas prateleiras superiores as partes amáveis e cultiva-las, diariamente, nos torna pessoas mais amáveis, desde que coloque nas inferiores ou  no alicerce, as partes temerosas, lembrando que não podemos jogar fora ou menos ainda, culpar os outros pelas consequências desagradáveis que causam. 

Cultivar as partes amáveis e aprender a lidar com as temerosas, contribui para que as pessoas encontrem o Poder Autêntico, que tem como base o ser multissensorial, saindo gradativamente do uso do poder pentassensorial, e assim assumindo a sua jornada como um caminho de transformação interior, com alegria e não apenas com momentos de felicidade, proporcionados pelo poder dos 5 (penta) sentidos.

Este caminho já é uma realidade para quem assume o controle de suas vidas, a responsabilidade pelos seu atos. Nas palavras de Victor Emanuel Frankl, responde com habilidade. Através do Poder Autêntico, as pessoas, além de usar os cinco sentidos de forma mais objetiva, apodera da intuição concomitantemente, para viver como um ser civilizado autêntico. Nesse tipo de vida, o auto- cuidado é por assim dizer, a fonte de suas partes amáveis, visto que nossas partes temerosas, se deixadas soltas, têm a missão de nos esmerilar ou aprimorar, purificando ou limpando nosso ser.  Quem ainda não trabalha bem com as suas limpezas interiores decorrente, sofre muito. Ao contrário, quem aceita as limpezas interiores como necessárias ao crescimento como gente, gradativamente vai aprendendo com o crescimento do Poder Autêntico e se beneficiando das alegrias que aumentam proporcionalmente ao esforço meditativo empregado.

Estamos falando de uma maneira de tornar mais competente nossa jornada utilizando a aprendizagem do emprego das Sete Leis Espirituais do Sucesso de Deepak Chopra, meditando como ele ensina e sobretudo praticando as Leis do Amor das Constelações Familiares Sistêmicas de Bert Hellinger. 

Autor é médico, Mestre em Politicas Publicas e Sociedade, Terapeuta TPO e estudante de Constelação Familiar na Hellinger shule/ Faculdade Innovare, São Paulo. 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Jose Ambrosio Guimarães
Jose Ambrosio Guimarães Seguir

Ser construindo o próprio caminho, consciente de que só existe caminho se construirmos. Assim, procuramos alicerçar nossas ações na Vida de Mokiti Okada e no fenômeno das Constelações Sistêmicas de Bert Hellinger. Sabendo desde já que somos todos Um

Ler conteúdo completo
Indicados para você