[ editar artigo]

Cuidado com o envenenamento via internet

Cuidado com o envenenamento via internet

Estamos recebendo uma enxurrada de informações via internet, oriundas das mais diversas fontes e intenções. Sendo por rede sociais, e-mails, lives, portais de notícias e outros meios, nunca a nossa agenda esteve tão cheia com as mais diversas reuniões via internet. São artistas, palestrantes e entendidos dos mais diversos assuntos, sem falar na desinformação causada pelas fake news, que causam grande danos à sociedade.

O fato é que precisamos tomar cuidado com o que assistimos e ouvimos nos conteúdos que são disponibilizados na internet, principalmente os viralizados nas redes sociais. Nem tudo é verdadeiro, necessário e positivo para nossas vidas. Se continuamente ficarmos imersos nessa onda, vamos acabar saindo doentes emocionalmente desse isolamento social, causado pela regressão moral e espiritual.

Muitas pessoas estão perdendo um tempo preciosíssimo para aprenderem a conviver consigo mesmas e com os familiares. Enquanto isso perdem horas consumido os conteúdos tóxicos, discutindo e criticando pontos de vistas diversos, de forma doentia. Não sabem que estão se envenenando aos poucos, muitas vezes sendo massa de manobra de grupos mal intencionados, a serviço do egoísmo. É muito fácil perceber a prática do egocentrismo e vaidade nas redes sociais, lives e outros eventos organizados via internet.

É lógico que há muitas coisas positivas sendo oferecidas na internet, mas, eu preciso consumir tudo? Preciso emendar um evento no outro, de forma neurótica? Ler ou assistir e compartilhar todos os conteúdos? A resposta logicamente é NÃO. É necessário fazer um filtro do que realmente me interessa hoje. O que realmente atende as minhas prioridades e que me ajuda a crescer moral e espiritualmente. Precisamos sair dessa crise fortalecidos nesses aspectos e, certamente, alguns conteúdos disponibilizados via internet poderão nos ajudar.

A pergunta é: quais são minhas prioridades hoje? A colheita, para ser feita, antes precisa ser semeada. Mas, antes ainda, a terra precisa ser adubada e equilibra quimicamente para se tonar fértil. Qual adubo estou colocando na minha mente? Estou adubando e equilibrando adequadamente para plantar as minhas sementes de sucesso ou envenenando o solo da minha mente com os lixos oriundos da internet? Estou usando adubos desnecessários para o que eu realmente quero plantar e colher?

É preciso definir prioridades e dar foco a elas. Como escreveu Jamie Sams, no livro Dançando os Sonhos: “Cada vez que mudamos nossas prioridades, mudamos o caminho”. Se não sabemos quais são nossas prioridades na vida, caminhamos à mercê dos aproveitadores, que querem nos empurrar conteúdos não alinhados com os nossos objetivos e valores.

Concluindo, as possibilidades na vida são muitas e o tempo é curto demais para perdemos com o que não está de acordo com os nossos objetivos de vida. Portanto, para quem está quase se afogando nesse oceano de conteúdo, comece com pequenas ações:

  1. Reduza drasticamente o tempo na internet.
  2. Defina quais são suas prioridades.
  3. Escolha os conteúdos e especialistas que podem ajudar nos seus objetivos.
  4. Não compartilhe nada cuja fonte não seja conhecida e confiável. Nem sempre aquele texto atribuído a determinada autoridade foi realmente escrito por ela.
  5. Defina um ou dois eventos importantes por semana para participar.
  6. Proteja suas emoções dos conteúdos negativos.
  7. Cuide de quem está ao seu lado, com palavras de esperança.
  8. Reserve uma hora por dia para ficar consigo mesma e fique exclusivamente com você.
  9. Afaste-se do humor negro via internet.
  10. Respeite o espaço do outro. Talvez ele não queira receber 10 ou 20 mensagens por dia em sua rede social. Consulte-o antes.

Assim, encerro e agradeço aos leitores que chegaram até o final deste texto. De todas as palavras que escrevo, 90% é para eu mesmo ler, refletir e crescer. Espero que ele também provoque uma reflexão em você.

                                                                                

Nildo Nelson da Silva - Coach de mudanças

 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você