[ editar artigo]

Declaração de Amor-Próprio

Declaração de Amor-Próprio

"Não existe amor onde não se vibra amor".

É isso, nesse exato momento da minha vida decido declarar amor por mim mesma. Claro que isso é um processo, mas se eu não começá-lo, ainda que apenas na mente, ele jamais será real. Na verdade, já estou nesse processo faz uma cara, agora só estou mudando o foco.

 As pessoas que leram outros textos que já escrevi aqui sabem que minha proposta é falar dos meus aprendizados pessoais, minhas experiências mais íntimas, porque embora sejamos únicos, podemos aprender muito com as conquistas e mazelas alheias. E sempre passo por aqui para compartilhar minhas experiências e ideias.

Então, eu estou vivendo um processo e acabo de receber uma resposta para um questionamento que tive hoje de manhã. Que não posso ter amor sem criar amor. Parece meio óbvio, e é mesmo.

Mas, a obviedade costuma escorrer entre os dedos daqueles que têm medo. Por que acho que você sabe que o oposto do amor é o medo, não é? Porque tudo que é positivo vem do amor, e todo o negativo vem do medo.

Esse medo que deveria apenas ser como um alerta, como um aviso instintivo de perigo, mas que acabou virando uma coisa crônica, e tão crônica se tornou, que até já virou crônica diária nos jornais da TV.

Mas, o caminho é o amor-próprio, o que aliás nessa nossa dimensão é algo até meio impróprio, porque cheira a egoísmo. Pois que assim seja, vamos ser tão "egoístas" a ponto de nos amarmos tão, que escorreremos amor e atingiremos o próximo (e esse não é um conceito meu, apenas dei uma adaptada).

O que eu quero dizer afinal? Que buscamos fora aquilo que só está dentro. Parece fácil de dizer, mas implica em olhar para a sombra, para aquelas mentirinhas (ou mentironas) que contamos a nós mesmos todos os dias sobre quem somos de verdade.

Seja sincero, você se casaria com você mesmo (a)??? Você daria a si mesmo (a) todo o amor do mundo, mesmo sabendo que talvez não esteja exatamente merecendo nesse momento?

Como sempre digo, cada um dá o que tem. E amor-próprio anda meio escasso, porque vivemos em uma sociedade que julga, condena e nem sabe o significado de compaixão. 

Dizem que a educação começa em casa, e é verdade. Se você não recebeu amor lá trás, porque seus pais também não receberam, porque os pais deles também não receberam e etc, está na hora de você mesmo resolver essa questão sendo sua própria casa. Ame-se!!!! 

"Falar é fácil, hei, hei, difícil é fazer," como cantava Simonal. É, é verdade, amar é um treco complicado. Porque não estou falando de curtir, de gostar, de se apaixonar porque tudo é bonito, gostoso e agradável, amar assim é fácil e condicional. Estou falando de abraçar o feio, o sujo, o asqueroso (porque não?), o traumático, o babaca, o burro que está dentro de nós. E eu não estou falando do outro, estou falando de mim mesma e de você, enquanto indivíduo único e irrepetível.

Porque amor começa dentro, porque dentro é que está nossa conexão com o Divino, porque ele nos ama sob qualquer pretexto e apesar de qualquer contexto. É dentro que estão as respostas que precisamos buscar. 

Mas, tem um detalhe. Estamos em uma nova era, em uma nova forma de olhar as coisas. E por incrível que pareça, a busca pela resposta começa do lado de fora.

Eita, você vai dizer, agora ela se contradisse.

Não, a gente se esquece que somos um todo integrado, corpo, mente e alma são partes de um mesmo espírito. Então, tudo está ligado. É preciso olhar para dentro, mas é preciso entender primeiro o que significa esse olhar para dentro. O ponto de partida é o corpo, isso mesmo nosso bom e velho corpo físico. Que tem uma linguagem própria, que permeia as energias que nos compõem. Então, comece por aí, sentindo, observando, e também perguntando. Busque ajuda, mas encontre o caminho de dentro se quiser que o mundo ame você.

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Simone Belkis
Simone Belkis Seguir

Simone Belkis se formou em Letras na UFPR. É uma estudiosa do esoterismo e cantante. Seu amor maior são os livros. Escrever é sua forma de criar o famoso mundo melhor, e sua praia é contar suas próprias descobertas para inspirar pessoas.

Ler conteúdo completo
Indicados para você