[ editar artigo]

Dia das "Mãe"

Dia das

DIA DAS “MÃE”.... Era assim que falávamos para nossos filhos, com ironia e no singular... kkkkk eu e o Juscélio (meu esposo) temos 5 filhos e mais um sobrinho que morou conosco por muitos anos,  então era necessário sair do estigma desta data comercial de alguma forma... já tínhamos muita despesas para pensar em presentes...

Hoje já estão todos independentes e morando fora de casa, e vejo que a cada momento que podemos estar juntos, quando eles precisam ou nós solicitamos, estamos inteiros e presentes. Durante esta pandemia vejo o quanto isto fica ainda mais forte e claro!

Não precisamos estar juntos no dia ‘X” , se isso não é possível sempre... não pudemos estar junto com o nosso filho Otávio no Natal de 2019, pois ele estava de plantão... Graças damos a Deus pelo seu trabalho, pois dará a oportunidade e o recurso necessário para estarmos juntos muitos outros dias do ano... Faz sentido para vocês??... é de se parar para pensar...??

Nós sempre organizamos nossas vidas de forma a colocar a visita para os pais e avós como rotina e periodicidade em nossa agenda, era assim a fala: Temos que visitar a Vovó e o Vovô, ou o Biso e a Bisa!!! E sempre levamos todos. Então no dia das “Mãe” não dava para visitar todas... a minha, a mãe da minha mãe, minha sogra,  por que todas moravam em cidades distantes... Mas nem precisava, era só ligar e dizer:

- Oi querida mãe... Tudo bem... Desejo um ótimo dia para a senhora! Este ano não vamos poder passar “este dia das “MÃE” juntos, mas tudo bem... logo, logo vou aí de surpresa sem data mesmo para tomar aquele cafezinho com duas mãos!!!  Ei, me conte os planos para seu dia de sossego sem a bagunça de todos nós este ano!!!

Se neste domingo em especial, se podemos estar com nossos filhos ou nossas mães, estejamos presentes, inteiros, sentido todos os aromas, observando as cores, o vocabulário, os gestos...

O que as mães querem é ver que seus filhos estão prósperos e felizes.

Se não podemos estar vamos ligar por vídeo “com tempo” e contar do que está sentido falta...

Se filhos, agradecer pela vida que nos foi consentida... se mãe, pela oportunidade de sê-lo...

Se sua mãe já partiu para outros planos, está mais fácil ... uma mãe nunca abandona seus filhos.. ela está em você...

Se seu filho já partiu... você está nele onde ele estiver...

 

DIA DAS “MÃE” , “é para filhos ingratos que visitam as mães uma vez ao ano....”fala do Dr. Alberto Almeida, médico homeopata e Constelador de Belem do Pará, meu amigo.

 

  Seja feliz agora..

 Desejo a você um lindo e abençoado Dia das “mãe”!!!

Obs. Em outro texto explico o que é café de duas mãos! 

  

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Tânia Andrade
Tânia Andrade Seguir

Psicopedagoga Terapeuta de Constelação Sistêmica Familiar. Atendimento individual e Online

Ler conteúdo completo
Indicados para você