[ editar artigo]

Em memória de minha querida irmã

Em memória de minha querida irmã

Leis do amor - MÓDULO 2 – Um Olhar sobre as “LEIS DO AMOR"

Dedico este fichamento sobre as Leis do Amor, a minha irmã Cinthia que partiu deste mundo terreno dia 7 de Outubro/2020.

Cinthia minha querida irmã...

Eu SINTO MUITO, por teu grande sofrimento, desde cedo, desde menina.

Para esta conversa, dentro das LEIS DO AMOR, preciso retomar todo um ANTES, em nossas vidas, minha querida irmã.

Quando eu tinha 10 anos e tu 14 anos, nosso pai partiu.

Recordo, que no almoço, antes dele sair para o campeonato de tênis, e bater no peito, dizendo que era eterno e voltaria com a taça de campeão, vocês estavam meio “estremecidos” e ao longo do dia, ele NÃO retornou, mas SIM, vieram nos anunciar que ele havia sofrido 4 infartos na quadra e acabara de falecer...

Ali, nossos mundos sofreram um tremendo baque e eu, tu, a Ângela, a mãe, ficamos num limbo... um vazio imenso e um alicerce de PERDA se instalou ali, bem como todo um desenrolar de sofrimentos, culpas, mágoas, medos, raivas...

Quero agora, te dizer o que vinha te dizendo nestes últimos anos...

Meu olhar de mundo, difere um pouco do “convencional”, cada uma de nós, foi fazendo, ao seu modo, o melhor possível, mas sempre vinha aquela “PLACA ENORME”: Não merecemos SER FELIZES!

Dentro deste meu Olhar de Mundo, onde busco, dentro de meu propósito, auxiliar às pessoas, mas sobretudo estruturar em mim, de acordo com meu propósito e com MUITO AMOR, SERVIR dentro desta família também, à começar por saber que posição me encontrei sempre e me encontro.

SOU A MENOR, sou a caçula e aqui já entram algumas das leituras deste texto, em relação à uma das práticas e fundamentos que me baseio.

Antes de partires, eu te comentava e reforçava sobre “AS CONSTELAÇÕES SISTÊMICAS”, sobre o que também carrego em mim, como Terapeuta Complementar, como rezadeira, dentro do caminho Espiritual e também de nossas heranças ancestrais Indígenas, em nós.

Tu, sempre muito amorosa neste aspecto, me colocava: Eu sei, mas minha Fé, eu pratico diferente, sou ROSACRUZ. Nunca te negastes à trocar estes olhares e saberes comigo e nos últimos dias da tua vida, intensificamos estes olhares e estas ferramentas.

Te contava sobre às LEIS DO AMOR, na Visão de Bert Hellinger, e te contava sobre a vida dele, sobre os princípios sistêmicos, à começar sobre: Direito à pertencer...

Tentava ajudar na tua relação com nossa irmã maior e vice versa, mas sabia que competia à vocês, dentro destas consciências e do livre arbítrio, resolverem aquilo que estava aprisionado nas almas e coração de vocês.

Presenciei muitas discussões entre vocês e nossa mãe...

Muito eu sofria em ver que estavam as três, aprisionadas à todo um ANTES, na infância e também por questões TRANSGERACIONAIS, mas dentro do que se chamam LEIS DE RECIPROCIDADE eu vinha, ao meu modo, Constelando e vendo em mim e em nossa família, um vício de comportamento calcado na PERDA, em emaranhamentos profundos, dentro do que também se refletia na “ORDEM HIERÁRQUICA (um terceiro princípio), dentro da Análise Sistêmica...

A Oração de São Francisco, vem bem aplicada à nossa família...

Busco me ancorar, também nestas bases...

Minha querida irmã, adoecestes muito, trouxestes todas as mazelas para ti, gerando um CÂNCER, um SINTOMA e ainda assim, dentro das relações com tuas filhas e dentro de nossa família, fostes abraçando toda uma carga irreversível...

SINTO MUITO, POR TODAS NÓS, SINTO POR NOSSA MÃE que TE AMA, mas que também está aprisionada em emaranhamentos, dentro da história ancestral dela, etc..

Acolho e DANÇO A VIDA com muita FÉ, na sabedoria Divina e nas LEIS DO AMOR...

"O AMOR não tem preço!"... Frase citada em meu Curso de Constelações com Olinda Guedes...Tu ias gostar dela.

Estes princípios e Leis do AMOR nos mostram que A VERDADE É A MÃE DA SABEDORIA... (Outra Frase de Olinda) e com isto, eu vinha buscando auxiliar, nestes anos todos, da melhor forma, mas a decisão não era minha, nunca foi, em relação a forma como cada uma de vocês se relaciona e as tantas raivas, tristezas, culpas... que se seguiam dentro de vocês.

Não me competia, jamais, julgar, mas os CONFLITOS ENTRE PAIS, FILHOS... quando não explicados, FICAM...

Bert Hellinger observou o sofrimentos das pessoas analisando muitos aspectos, Cinthia e dentro disto ele salientava que TODA SOMBRA, BUSCA LUZ e que TUDO TEM UM ANTES...

Tentei sempre compartilhar isto contigo, com a mãe, com nossa irmã mais velha, Ângela, mas infelizmente, não dependia de mim somente...

PARA CURAR, devemos nos colocar em movimento... Eu estou em um movimento forte, há uns bons longos 30 anos, dentro das terapias, estudos, vivências, práticas indígenas que carrego em mim e já acolhi, aceitei e libertei muitas questões, certa que sigo em CURA e aprimorando meu propósito, tanto dentro desta família, como em outros círculos.

Nunca entendi como tu acreditavas tanto nos reinos mágicos e encantados, mas dentro de ti, ias acumulando tantas DORES e tanto SOFRER!

Agora te libertastes... Estás na TERRA SEM MALES, e nós seguimos... eu sigo certa que O SOFRER não deve ser realimentado na nossa família, bem como as mazelas outras de raivas, culpas...

Eu não os alimento, mas sei que quando se parte deste mundo, há uma libertação, porém, aos que ficam sem resolver o que gerou tanto sofrer, fica mais difícil... PERCEBO ISTO EM NOSSA IRMÃ MAIS VELHA...

SOMOS TODOS “CANAIS” DENTRO DESTE AMOR UNIVERSAL e nas Constelações existem muitos aspectos que explicam como O CAMPO  É IMPORTANTE, nos fundamentos e princípios da Análise Sistêmica.

Espero sinceramente que os CICLO DE SOFRER SE ENCERRE, pois te dizia sobre como muitas vezes deixamos para outros resolverem, o que não resolvemos e alguns padrões sistêmicos vão se repetindo às gerações dos nossos filhos, netos... Em meu caso, rompi com este ciclo.

Pertencimento, compensações e ordens, nos mostram que a natureza não discrimina, ela inclui o tempo todo, TODOS PERTENCEM.

TANTO PELO BEM, COMO PELO MAL, VAMOS PERTENCER.

É uma necessidade de dignidade, princípio maior da VIDA.

Filhos passam a SER FILHOS, PAIS PASSAM À SER PAIS...

A ORDEM QUE LIBERTA.

Nisto me fundamento, com muitas forças!

SOU A MENOR NESTA FAMÍLIA, A MÃE É A GRANDE E VOCÊS, CADA UMA TEVE, DENTRO DE MIM UM LUGAR BEM CLARO, SOBRETUDO NESTE HOJE. A mais velha, não é minha mãe, apenas é a irmã mais velha, lhe devo também consideração e respeito, bem como à ti.

Querida irmã...

Descanse.... Está tudo bem por aqui e ficará melhor!

SINTO MUITO PELO TEU SOFRER!

TE AMO!

QUE PREVALEÇA O AMOR DO ESPÍRITO TAMBÉM ENTRE NÓS.

Empatia, Compaixão, entender que nós nunca poderemos calçar as sandálias do outro, saberes ancestrais indígenas reforçam isto!

Temos que ter rigor no AMOR:

Eu vejo Você, Vocês

Entendo Você, Vocês

TODOS PRECISAMOS NOS CURAR.

Liana S Utinguassu

Tua irmã que TE AMA E AMARÁ PARA SEMPRE!

Cinthia Faleceu acometida por Metástases/ 62 anos

Ela habita o REINO DAS FADAS ENCANTADAS...

 

 

 

 

 

 

 

 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Liana Utinguassu
Liana Utinguassu Seguir

Terapeuta,escritora/palestrante

Ler conteúdo completo
Indicados para você