[ editar artigo]

Eu acredito em Milagres!

Eu acredito em Milagres!

Quando eu era pequena, ouvia muitas pessoas falando: "Fulano precisa de um milagre", ou "Só um milagre pode salvar aquela pessoa." Então, me perguntava onde moravam os milagres, quem os vendia, ou doaria a quem precisasse. Foi quando perguntei pra minha mãe. E ela sorridente me contou que os milagres eram dados por Deus. Aí começaram muitas perguntas mais e mais difíceis: Quem é Deus, onde ele mora? Se Deus criou o mundo, o que seria de nós se Ele nunca tivesse existido? Nós também não existiríamos! Oh meu Deus, e agora?

Eu imaginava uma grande escuridão. Quanto desespero! Eu tinha tanto medo de Deus, mas ao mesmo tempo acreditava que Ele tudo podia fazer, porque a minha mãe disse que assim seria. E realmente tem sido assim!

Olha só! As mães têm um canal direto com Deus! Que lindo, que maravilhoso! E a minha mãe passou a ser o meu milagre diário, pois a cada dor sentida, a cada machucado, desilusão, era só chegar pertinho dela que todas essas sensações iam embora.

As mães realmente sabem das coisas! São divindade pura! Mesmo quando tudo parece sem saída. Quando cresci, e tive que morar longe a minha mãe, fui percebendo que Deus é tão legal, que manda outros pedacinhos seus pra suprir a distância da mãe, são os amigos que encontramos pelo caminho. Ao constituirmos família, dá a impressão de que as mães dividem essas cotas de milagres conosco, pois fazemos o mesmo acontecer com os filhos! Olha só! É como um lindo ritual de passagem, em que herdamos muitos dons de milagre. De sarar machucados, de ter paciência redobrada, de dar um jeitinho na mesa, mesmo quando os recursos são escassos."É o milagre da multiplicação do pão!"Mãe dá sempre um jeito, tem sempre um milagre nas mangas.

E um dia, as mães simplesmente vão embora para longe dos nossos olhos, e por algum tempo, ficamos descrentes da vida, de tudo, e de todos. Para onde foi o nosso milagre? Será que Deus nos quer castigar porque fizemos algo de errado?

Não! De repente, descobrimos com a saudade, que o nosso milagre continua vivo, dentro do nosso coração, e que com muito mais poder de ajuda. É, as mães quando vão para o céu, certamente fazem cursos de Pós Graduação com Deus, só pode! Os milagres ficam ainda maiores!

Então, descobrimos que o milagre maior das nossas mães é passar a vida adiante através de nós. Que milagre lindo nós somos!

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Anna Soligo
Anna Soligo Seguir

15 anos de magistério, e 20 dedicados ao estudo de Reiki, Shantala, Florais de Bach e massoterapia. Utilizando as Constelações Sistêmicas Familiares há 2 anos, com a graça de estudar a PNL de uma forma sistêmica na metodologia de Olinda Guedes.

Ler conteúdo completo
Indicados para você