[ editar artigo]

Pressuposições...

Pressuposições...

Essas maneiras de perguntar quais são as pressuposições de alguém ou de verificar as próprias, tipo: "eu presumo que...", "tem certeza de que...",  "em que estão baseadas suas conclusões?"

Muitas pessoas não sabem que grande parte dos nossos pensamentos se origina de pressuposições que são consideradas fatos.

Em geral, quando se partilha uma pressuposição, desentendimentos e maus sentimentos podem ser desfeitos. Muita gente parte do principio de que o que "eu digo", você ouve e entende.

Muitos relacionamentos tropeçam nisso. A princípio pode ser tedioso, mas saber o que o outro está ouvindo é muito importante, principalmente quando não se tem certeza. A mesma palavra pode ter significados diferentes para duas pessoas.

Nós nos encontramos naturalmente porque somos semelhantes e crescemos porque somos diferentes.

O segredo da presença da semelhança e da diferença está na apreciação, e o meio para fazer disso uma sinfonia na vida real, é a comunicação congruente.

Trecho do livro: Contatos com Tato - Virginia Satir.

 

 

 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você