[ editar artigo]

Fichamento de leitura: Meus Antepassados

Fichamento de leitura: Meus Antepassados

DADOS DO LEITOR

Najla Sobral Wanderley Prates 

Curso: Formação Real em Constelações Sistêmicas com Olinda Guedes

DADOS DO EXEMPLAR LIDO

Título: MEUS ANTEPASSADOS (vínculos transgeracionais, segredos de família, síndrome de aniversário e prática do genossociograma)

Autor: Anne Ancelin Schutzenberger

Edição: Ano: 1997

Local de publicação: São Paulo/SP

Editora: Paulus

Tradução: José Maria da Costa Vilar


ORIENTAÇÃO PARA FICHAMENTO

1- Qual a mensagem global que o autor deixou para você? Resuma em, no máximo, 4 linhas.

Tenho realizado muitas leituras nestes momentos de pandemia e tenho certeza que este livro foi um dos que mais me impactou. Trouxe para minha essência uma necessidade de conexão com a minha história e com minha família. Marca em mim, que toda família tem suas próprias regras e muitas delas passam de forma muito sutil, como a regra das complementariedades, onde uns cuidam e outros são cuidados e que somos influenciados pelas histórias da nossa família (Os mortos são invisíveis, mas não ausentes. Santo Agostinho).            

2 - A partir do que você leu, enumere 10 dicas para você criar excelência para sua vida.

  1. Necessidade de uma visão sistêmica das pessoas e do contexto onde se encontram.
  2. Conhecimento do termo transgeracional e do impacto que causa na minha visão, até então, de vida e de família. Leva o indivíduo a caça de seus segredos de família, de sua genealogia e de sua história no contexto como um todo.
  3. Ficar atenta, sem julgamento, da  Lealdade  ou identificação inconsciente com um membro da família. “Somos  menos livres do que acreditamos “.
  4. Toda família tem suas regras (tradição oral e regras não escritas das famílias).
  5. Toda família tem seus segredos, considerados vergonhosos.
  6. Desejo de fazer genossociograma da minha família e conhecer melhor a minha história. Fazer uma árvore genealógica, preencher com fatos importantes e laços significativos. (Que beleza!)  
  7. Conhecimento do termo parentificação, e a sua disfunção (inversão dos valores, onde os filhos, ainda com pouca idade, se tornam pais de seus próprios pais).
  8. Repetições familiares inconscientes são mais frequentes do que eu imaginava nas famílias. Ex. Doenças, datas...
  9. Síndrome de aniversário, data ou período que tem evento importante para família.
  10. A importância do nome e prenome.

3 - Considerando a realidade onde vive, o que você aplicou, imediatamente, assim que leu? (Qual tópico, qual ideia? - cite o capítulo, página e a ideia)

O que mais me atraiu no livro foi sua introdução com a história do papagaio. Chamou muito a minha atenção: “passado, o passado vivo, o passado sempre vivo e interagindo no presente”

  4 - O que você transformou em si mesmo com a leitura deste livro?

Eu percebi a sincronicidade deste momento. Quando eu comecei a me conectar com a mensagem do livro, paralelamente comecei a receber várias informações de família (principalmente paterna) sobre histórias da nossa família. Estou num caminhar.  

5 - Quais as mudanças que você se compromete em tornar real a partir desta leitura?

Estar mais conecta e atenta a visão sistêmica dos indivíduos na busca de meu crescimento pessoal e meu olhar mais amoroso pela vida.

6 - Se você encontrasse o autor do livro, o que você diria a ele?

Gostaria de externar meu agradecimento em me fazer amorosamente para meu sistema e sentir conexão com nossa história.

7 - Enumere 3 pessoas para as quais você sugeriria este livro e justifique.

Gostaria que meus filhos, meus pais e meus irmãos. Acredito que nós seremos mais cuidados com a nossa história.  

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você