[ editar artigo]

FICHAMENTO: OS SETE EXPERIMENTOS QUE PODEM MUDAR O MUNDO

FICHAMENTO: OS SETE EXPERIMENTOS QUE PODEM MUDAR O MUNDO

DADOS DO LEITOR

Nome completo:  Sandy Duwe dos Santos

Curso: Formação real em constelações sistêmicas

Turma:01

Data: 22/09/2020

DADOS DO EXEMPLAR LIDO

Título: Os sete experimentos que podem mudar o mundo

Autor (es):Rupert Sheldrake

Local de Publicação: São Paulo - SP

Editora: Cultrix


Orientações para fichamento

1. Qual a mensagem global que o autor deixou para você? Resuma em, no máximo, 4 linhas.

R: A esfera da ciência deve ser muito mais que um sistema mecanicista, devemos ser pessoas críticas, curiosas e que busca a evolução humana em todos os aspectos da vida.

2. A partir do que você leu, enumere 10 dicas para você criar excelência para sua vida.

  1. Ser uma pessoa mais curiosa.
  2. Ser crítica, investigar e entender os fatos e não simplesmente aceitá-los.
  3. Não ignorar o poder da mente, em toda sua extensão (corpo e espírito).
  4. A mente expandida tem efeitos mensuráveis na nossa vida e devemos apreciá-la e cuidar dela, alimentando de bons livros, bons filmes, de novos conhecimentos e acreditar nas coisas possíveis e “impossíveis” – na visão dos céticos- que ela é capaz de realizar.
  5. Devo enxergar a relação entre mente, corpo e ambiente de uma maneira mais dinâmica e abrangente.
  6. Não existem verdades absolutas, tudo evolui e sofre alteração, possivelmente até as leis da natureza.
  7. A fé pode nos fazer adoecer, mas também pode nos curar, nossas expectativas podem interferir em nossa vida. Assim, devo ser uma pessoa mais otimista e positiva em relação aos aspectos da minha vida humana.
  8. Viver de uma forma menos mecanicista e mais dinâmica
  9. Buscar fazer mais pesquisas na internet e em livros que estejam relacionados à ciência, a vida, as leis da natureza.
  10. O auto engano é o perigoso, mas o auto engano coletivo é pior ainda, pois "leva as pessoas a ver o que não que ignorar e a ignorar o que não que ver", então preciso ir atrás das informações e não simplesmente acreditar e aceita-las do jeito que querem que acreditamos. Não somos máquinas, então não devemos agir como se fôssemos.

3.Considerando a realidade onde vive, o que você aplicou, imediatamente, assim que leu? (Qual tópico, qual ideia? - cite o capítulo, página e a ideia).

R: As pessoas são influenciadas e sofrem influência o tempo todo, somos manipulados e tratados como máquinas e isso não fogem no campo da ciência. Muitos cientistas tem visões diferentes sobre inúmeros aspectos de a vida, porém, estas informações são mascaradas por entidades de poderes maiores, inclusive cita o autor que “Se os cientistas pudessem expressar-se naturalmente ao descrever seus experimentos e teorias, o mito de um método científico único e universal provavelmente se esfumaria num passe de mágica.” Pág 141. Deste modo, precisamos acreditar na evolução da ciência e “libertar” nossos cientistas para que eles possam ter autonomia e serem curiosos e não apenas projetarem aquilo que dizem ser “importante e correto”. Vamos incentivar a curiosidade de modo saudável nas pessoas ao nosso redor para que possamos ser menos alienados a este mundo tão mecanicista.

4. O que você transformou em si mesmo com a leitura deste livro?

R: Esta leitura foi muito leve e adorável. Enquanto fui prosseguindo a leitura eu compreendi que alguns aspectos da vida eu errei por me deixar levar por informações que foram impostas e que eu nunca tive curiosidade de entender. Não posso aceitar as coisas porque dizem que são, devo ser curiosa e questionar. O questionamento quebra inúmeros paradigmas deste sistema mecanicista. Quanto da minha curiosidade eu perdi por achar que isso era errado? Certas estão as crianças por terem um espírito livre e curioso e não se satisfazerem com respostas  incompletas.

5. Quais as mudanças que você se compromete em tornar real a partir desta leitura?

R: Quero prestar mais atenção nos ambientes que frequento e as pessoas com quem me relaciono, fazer mais pesquisas relacionadas a física, biologia e outras áreas da vida, libertar minha curiosidade nas pequenas coisas do dia a dia, e tomar mais cuidado com o auto engano.

6. Se você encontrasse o autor do livro, o que você diria á ele?

R: Gostaria que o mundo pudesse encontrar mais cientistas curiosos como você, talvez no agora, estes sete experimentos ainda não tenham mudado o mundo na sua forma total, mas mudou a vida de quem leu e soube apreciar seu conhecimento. A transformação está acontecendo em cada coração tocado pela sua curiosidade, inclusive o meu.

7. Enumere 3 pessoas para as quais você sugeriria este livro e justifique.

- Para meu esposo que sempre adorou a área da biologia, para que ele possa fazer muitos experimentos e descobrir muitas coisas.

- Para meus sobrinhos, espero que ao ler este livro vocês não deixem que ninguém roube a curiosidade e espírito livre que você tem agora enquanto são crianças.

- Para os acadêmicos, que aprendam a serem mais críticos e curiosos, pois somente vocês podem mudar o âmbito mecanicista acadêmico de ensino.

 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você