[ editar artigo]

FICHAMENTO: TOCAR - O SIGNIFICADO HUMANO DA PELE

FICHAMENTO: TOCAR - O SIGNIFICADO HUMANO DA PELE

DADOS DO LEITOR

Nome completo:  Sandy Duwe dos Santos

Curso: Formação real em constelações sistêmicas

Turma:01

Data: 14/09/2020

DADOS DO EXEMPLAR LIDO

Título: Tocar: o significado humano da pele

Autor: Ashley Montagu

Editora: Summus editorial


Orientação Para Fichamento

1. Qual a mensagem global que o autor deixou para você? Resuma em, no máximo, 4 linhas.

 O “tocar” é visto de inúmeras maneiras diferentes pelas pessoas, por grupos e até mesmo pela cultura dos diversos países ao redor do mundo, porem, através de estudos é correto afirmar que o tato só trás beneficio e qualidade de vida. Quanto mais nos beneficiarmos deste sentido, mas feliz e saudável seremos.

2. A partir do que você leu, enumere 10 dicas para você criar excelência para sua vida.

  • Devemos acariciar e pegar no colo as crianças nos seus primeiros dias de vida o máximo que pudermos, esta questão não vai deixá-las “mimadas”, mas sim evitará que estas crianças possam sofrer na adolescência e idade adulta, de uma carência afetiva profunda desse tipo de atenção.
  • Não me privar e nem privar as outras pessoas que eu convivo de serem tocadas, pois a privação do toque é a causa básica de inúmeros distúrbios emocionais e doenças.
  • O adoecimento da pele é ocasionado por problemas emocionais profundos, por tanto devemos nos permitir tocar e ser tocados, nos permitir sentir.
  • Não devo me privar de aliviar dores emocionais através das lágrimas. Chorar é alivio e não vergonha. Tudo que é reprimido em algum momento vai voltar, pois este sentimento precisa ser libertado, assim conforme explica o autor “segurar o choro pode, no futuro, expressar em acessos de “choro” através da pele” pág 358
  • Nenhum sentido (visão, audição, paladar, olfato) pode substituir o tato, pois este possui uma linguagem em si, dotada de um vocabulário muito extenso de sensações. Por este motivo muitas vezes não encontramos “palavras para expressar” tal sensação.
  • Ao contrário do que muitas vezes pensamos, as pessoas idosas e as crianças necessitam ser tocadas regularmente, pois o toque traz o sentimento de amor e segurança.
  • A amamentação não deverá ser substituída por mamadeiras, colo e abraços não devem ser substituídos por berços, nada substitui o tato, o amor e o carinho humano.
  • Vivemos em uma sociedade onde o toque humano está sendo cada vez mais excluído do nosso cotidiano e devemos mudar este cenário, pois isto só acarretará em pessoas carentes e doentes.
  •  Por muito tempo foi “vendida” a ideia que não deveria haver contato físico entre o profissional (médico, terapeuta, psicólogo etc...) e o cliente porem, através de estudos apresentados pelo autor podemos compreender que o toque pode ajudar em situações psicoterapêuticas sim.
  • Devo considerar o toque como uma função básica da minha vida, pois preciso tocar ser tocada assim como preciso me alimentar. O toque é alimento para a alma.

3. Considerando a realidade onde vive, o que você aplicou, imediatamente, assim que leu? (Qual tópico, qual ideia? - cite o capítulo, página e a ideia).

R:  Achei muito interessante ler este livro exatamente neste momento de pandemia que estamos vivendo, a realidade nunca foi uma forma tão dolorida de aprender como nada poderá substituir tocar nas pessoas que amamos. Graças a Deus ainda temos a tecnologia a nosso favor, porém as redes sociais permitem que a comunicação aconteça, mas não permite alcançar a sensação de tocar em alguém, de transferir energia e amor, de se sentir seguro nos braços. Estamos aprendendo na prática o quanto ausência do toque afeta os nossos dias e noites.

Vivemos uma realidade árdua, onde é ensinado que o “tocar” em outras pessoas é somente algo sexual, porém durante a leitura vamos compreendendo a importância do toque na sua forma mais pura e o quanto a sensação de tocar e ser tocado reflete em nossas emoções, em nossa saúde, em nosso convívio social – principalmente nos primeiros anos de vida- por este motivo, muitas pessoas sentem uma grande solidão dentro de si, como se não tivessem ninguém. Nas palavras do autor “A solidão é o estado da ausência da conexão, da inexistência de contato com outros, da vontade de se estar com a pessoa que não está lá, de não se ter alguém para quem se voltar e que seja capaz de validar a própria humanidade essencial de cada um.” Pág 256. Por este motivo, após a leitura estou buscando tocar as pessoas de maneira amorosa e gentil para que elas possam compreender que nunca é tarde para que possam sentir a grandeza do amor.

4. O que você transformou em si mesmo com a leitura deste livro?

R:  Compreendi que o toque humano possui inúmeros benefícios para nossa vida, assim pude transformar a maneira de pensar sobre esse assunto. Em muitos grupos de pessoas o tato é visto como um tabu, algo que deve ser evitado o máximo possível, porém, este sentido representa a maneira mais bonita da ternura nas relações humanas, da descoberta das sensações, da qualidade de vida, do amor. Se vamos enxergar o toque humano como um pecado, que seja pela sua ausência  e não pelo excesso.

5. Quais as mudanças que você se compromete em tornar real a partir desta leitura?

R: Tocar as pessoas que eu amo frequentemente, permitir ser tocada por elas, enxergar o toque humano além das intenções sexuais, orientar os futuros pais a tocarem nos seus filhos, repassar a importância da amamentação, buscar a cura de certas emoções através do toque, me conectar com mais pessoas verdadeiramente.

6. Se você encontrasse o autor do livro, o que você diria a ele?

R: Que livro! Foram tantas pesquisas e estudos apresentados para expressar de maneira mais gentil possível a importância do toque humano, a sua extensão, o amor que reverbera através do toque, a gentileza de ser humano. Obrigada por ter usado este tempo da sua vida para escrever este livro tão lindo. A sua determinação e seus ensinamentos não foram em vão. Gratidão.

7. Enumere 3 pessoas para as quais você sugeriria este livro e justifique.

  • Para minha cunhada, que sempre está em busca dos conhecimentos humanos.
  • Para minha melhor amiga que carece de abraços e carinho. Que ela compreenda a origem desta ausência.
  • Para as faturas mamães e futuros papais, para que eles possam criar crianças saudáveis, pois conforme cita o autor ““O que é um ser humano saudável? É aquele que é capaz de amar, trabalhar, brincar, e pensar de modo critico e livre de preconceito” pág 193.

 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você