[ editar artigo]

Francisco de Assis, rogai por nós!

Francisco de Assis, rogai por nós!

Vamos começar cantando?

O Hino da Escola Real.  Viva S. Francisco, Vivas aquele que tanto nos inspira.  Nosso patrono.

Quem deixa um legado vence a morte. Amém!

 

 

De Francisco a Francisco
(Chico Machado)

Um domingo muito especial para todas as pessoas de bem.

No dia de hoje, 04 de outubro, fazemos memória de São Francisco de Assis.

Este pequeno grande homem que nasceu há 838 anos (1182), numa das regiões mais lindas da Itália, na bucólica Assis, região da Úmbria. Um homem que manteve uma relação de profunda sintonia, sinergia e respeito com a natureza. Um homem da PAZ. Este sim foi chamado de um homem da PAZ e do BEM.

Francisco ainda muito jovem despertou o seu olhar ecológico. Um homem medieval, mas que tinha uma consciência ecológica, manifesta na sua relação com a natureza. Segundo ele, o ser humano não era mais importante que os outros seres vivos, como um ser superior a eles. Na sua compreensão, todos os seres, somos criaturas de Deus e que estamos num mesmo pé de igualdade. Este seu carinho para com os animais o tornou o grande defensor deles ao ponto de chamá-los todos de irmãos.

Na mesma linha de Francisco, também vão os povos indígenas. Na sua compreensão ecológica, os povos originários, são um com os demais seres vivos que habitam a natureza. Todos estão interligados e tem a sua função especifica no ciclo da vida.

O homem não é um superior que domina os demais seres, mas convive harmonicamente lado a lado. Esta situação é possível de se ver nas aldeias indígenas. Há uma quantidade enorme de animais silvestres, convivendo no dia a dia da aldeia, entrelaçando com crianças, jovens e anciãos. Ninguém os molesta ou maltrata. Dia desses, presenciei um filhote de javali, mamando junto com os filhotes de uma das cachorras daquela aldeia.

Esta profunda visão ecológica de Francisco nos possibilita entender o que está acontecendo conosco neste atual momento trágico da nossa querida Amazônia. Uma devastação de todo o meio ambiente que nos circunda, em nome de alguns interesses mesquinhos e escusos do agronegócio, pecuaristas, madeireiros e garimpeiros.

Tudo em nome do lucro ganancioso diabólico, que destrói tudo a nossa volta. O ser humano explorador tirando, que devasta a natureza com fogo em nome do lucro, numa atitude suicida, afetando toda a humanidade, uma vez que, se a natureza morre, também todos nós morreremos juntos. São modelos econômicos que degradam o meio ambiente sem nenhum mistério. 

No dia de ontem, o outro Francisco aproveitou para assinar a sua mais nova Carta Encíclica. O Papa Francisco celebrou a missa no túmulo de São Francisco de Assis, e depois assinou a terceira Encíclica de seu pontificado, “Fratelli Tutti”, dedicada à fraternidade e à amizade social, no intuito de alavancar a esperança e o impulso a uma humanidade machucada também pela pandemia da Covid-19. Segundo o Papa, a fraternidade e amizade social são os caminhos mais indicados para se construir um mundo melhor, humano, mais justo e pacífico, com o compromisso e a participação de todos. Um mundo onde a indiferença não tenha a primazia nas relações entre as pessoas.

Num dos títulos da sua Carta Encíclica (Uma Nova Cultura), no número 215, Papa Francisco cita uma das frases do nosso Poetinha Vinicius de Moraes: «A vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro na vida», para justificar os desencontros que há nas nossas vidas, numa tentativa de superação das dialéticas que nos colocam uns contra os outros. Vale à pena a leitura atenta deste documento, que nos ajuda a enxergar novos horizontes de perspectivas, frente a este caos que se transformou as nossas vidas.

De Francisco a Francisco.

Do “Povorrelo de Assis” ao Francisco dos nossos dias. Se lá, havia um homem antenado com as coisas de Deus, mas que não deixou de viver envolvido nas causas dos pequenos, pobres entre os pobres; cá temos um homem corajoso, que enfrenta de cabeça erguida os desafios da humanidade, sendo uma das principais lideranças mundiais. O Francisco de hoje também nos faz acreditar numa outra igreja, que não seja aquela presa aos seus dogmas nos recantos das sacristias, mas que vai onde o povo está, sendo testemunha viva de um Jesus encarnado na vida dos pobres e fazendo com eles a historia acontecer.

Talvez por este motivo seja também odiado e não escutado e tampouco lido, pelos acomodados nos porões das sacristias.

Que o espírito de São Francisco de Assis, nos dê forças a todos para também nós fazermos das nossas vidas, instrumentos de uma paz aguerrida, na luta por um mundo melhor para todos.

 

DE ARTE EM ARTE : PINTURAS DE SÃO FRANCISCO DE ASSIS E SANTA CLARA - A ARTE  GÓTICA - DIA DE SÃO FRANCISCO DE ASSIS 04 DE OUTUBRO

 

https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=3421628647931284&id=100002525484385

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
OLINDA GUEDES
OLINDA GUEDES Seguir

Oilá, gente linda! É uma boa história a minha vida... ainda temos muito a viver. A parte mais linda é ser "Mamain" das duas princesas Nina Maria, Camila Maria e dos cinco príncipes cavalheiros...

Ler conteúdo completo
Indicados para você