[ editar artigo]

Histórias da vida real - Capítulo 8 - Refazendo a rota

Histórias da vida real - Capítulo 8 - Refazendo a rota

A possibilidade de ter novamente uma doença grave me trouxe o pensamento de que preciso fazer da minha vida todos os dias extraordinários!

A vida é curta! Ela passa! E quando vemos, não podemos mais voltar atrás! Pensar na possibilidade me levou a rever meus propósitos e pensar no que estou fazendo. Se aquilo que eu estou fazendo estará me levando para um lugar que realmente quero ir.

Estava estudando para um concurso que almejava há uns 17 anos. Isso me exigia dedicação diária, estava estudando no mínimo 3h por dia, deixando de curtir meu filho e deixando de lado outros projetos. Mas há uns 2 meses meu rendimento caiu abruptamente! E eu estava me massacrando, exigindo de mim que eu tinha que estudar porque eu fiz um investimento financeiro alto para isso! Mesmo assim, não queria admitir para mim mesma que talvez o antigo sonho já não fazia mais sentido depois de tudo que vivi nos últimos 2 anos. 

Então, quando eu ouvi que poderia estar doente repensei! Me fiz a seguinte pergunta: se amanhã fosse meu último dia de vida eu iria querer passar estudando 4h por dia para um concurso? Ou iria correr agarrar meu filho e fazer uma viagem que sempre sonhei?

Disse para mim mesma: eu não quero passar os últimos dias da minha vida sentada estudando para um concurso muito exigente que talvez nem faça mais sentido para mim! 

Hoje sou outra, meus projetos e sonhos mudaram assim como eu mudei bastante.
Eu quero estar com as pessoas que amo, com meu filho! Eu? Quero viajar! Rodar esse mundo! Seja com câncer ou não! E o mais incrível disso é que não estou me sentindo fracassada por deixar um velho sonho de lado.

Vou deixar para meu filho as memórias de nós dois nos divertindo juntos nas nossas viagens, porque isso ninguém tirará de nós, nem a morte.

Então, sabiamente há uns dias “do nada” ele soltou uma frase, sem contexto! Mas com a sabedoria que toda criança tem: Mãe! Por que você não para de fazer o que está fazendo?? Por que você tem que ficar estudando para ser juíza? Por que você tem que ser juíza?

Hoje acredito que minha missão é tocar corações e almas. E isso eu gostaria de fazer até meu último suspiro.

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
MILENA PATRICIA DA SILVA
MILENA PATRICIA DA SILVA Seguir

Sou mãe do pequeno Henrique, escritora professora de Direito Sistêmico, Advogada, pesquisadora, terapeuta, master e coach em PNL, doula, apaixonada pelo cuidar do ser, pelo conhecimento, pelos livros e pela vida e por chá de manjericão.

Ler conteúdo completo
Indicados para você