[ editar artigo]

Honrar os antepassados

Honrar os antepassados

 

Estes dias estava a refletir sobre tudo o que tenho vivido, minha trajetória, minha jornada de curar e de me tornar uma Terapeuta.

A vida não é fácil para ninguém, costuma dizer, Olinda Guedes.

Eu, quando lembro da vida de meu papai e da mamãe dele eu tenho muita compaixão em meu coração. Porque faz muita falta uma família estruturada, com amor.

Contudo, percebo que quanto mais pratico a gratidão, a concordância... de que a vida é o que é... e o essencial foi entregue ao meu papai por sua mamãe e seu genitor, mais minha vida ganha serenidade.

Afirmo com certeza do tamanho do Universo: A gratidão aos pais, aos avós e a todos os nossos antepassados é uma atitude de empoderamento.

Quando sentimos no nosso coração essa gratidão e a tudo que chegou antes de nós, muitas coisas tendem a se acalmar. São atitudes que nos remete ao do pertencimento e também à reverência.

Pois tudo que é maior, vem primeiro!

Nossa vida segue com o amor e com a leveza, próprias de quem reconhece que tudo que veio antes constitui a nossa história e assim a vida segue.

E vai seguir por meio dos filhos, dos netos, dos bisnetos.

Quanto maior a nossa reverência, maior também a nossa gratidão. Maior a sensação de que o que recebemos é totalmente suficiente para termos uma vida boa, próspera, feliz e saudável.

Ao abençoar a nossa vida, tomemos também as bençãos de todos que chegaram antes de nós, e irradiemos as bençãos daqueles que nos precederão.

Vejo meus filhos adultos, fui mãe na segunda década de minha vida. Muito jovem.  Penso neles, todos os dias, com amor.. e a eles gostaria de oferecer meu cajado e convidá-los: "Levanta-te e andas".  Sigam teus caminhos nas bênçãos dos seus pais.  Que sejam a versão melhorada nossa! 

E isso alegra tanto meu coração.

Observo nossos netos, melhores ainda que todos nós juntos. Inteligentes, amorosos, criativos, compassivos. 

Que alegria!

A eles também ofereço minhas bênçãos, minhas preces por meio de tudo o que eu realizo.

Assim a vida passa a ser real e verdadeira como que tivéssemos, a cada dia, que tirar a teoria dos livros e partir para as práticas diárias de gratidão, de reverência e de inclusão.

Quando cuido de minha mamãe, quando recebo dela o carinho dos retratos antigos da família...  são bênçãos para nossas vidas.

Sim, Constelações Sistêmicas são Saberes Sistêmicos, são estilo de vida.

Mais que intervenção clínica, mais que ferramenta terapêutica.

 

Marisa de Souza, Terapeuta Sistêmica.

https://instagram.com/terapeuta.marisa?igshid=17nal2rmejyad

 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Marisa de Souza
Marisa de Souza Seguir

Esposa, mãe, avó e Terapeuta Sistêmica. Amo a minha vida!

Ler conteúdo completo
Indicados para você