[ editar artigo]

Impressões do masculino

Impressões do masculino

Querida vizinha Olinda, estive hoje pela manhã, enquanto fui realizar uma tarefa na cidade, ouvindo a belíssima constelação de ontem, que pude acessar pelo youtube.

Gostaria de compartilhar algumas impressões que tive durante a questão que a Sol apresentou. Faço isso, com sua permissão, se assim você concordar e se quiser compartilhar, e a reverência que, com o sagrado de cada um, devemos ter.

Minha reflexão, a construí, em dois ou três momentos da constelação realizada. O primeiro foi quando a consteladora, por critérios sistêmicos, informou que a “sorteada”, entre várias mãos levantadas, foi a Sol.

Esse nome, por si só, é um elemento chave do contexto da constelação. A questão contemplava o amor, seja na dimensão do desejo de sua abundância, ou no lamento de sua escassez, ou ainda no caminho de ultrapassar deste para aquele, ou seja, de memórias em que o amor não tenha sido pleno, para a vivência de sua abundância.

O Sol, para além da luz, que lhe é próprio, é o que mais e acalenta. O Sol é expressão simbólica e físico-química do que representa o amor. Com ele as coisas ficam mais claras. Com ele o aquecer se torna possível. Não é à toa que, entre tantos nomes, a Sol foi escolhida no campo ciente do constelador.

Outro momento foi quando da “canção do exílio” o trecho cantarolado foi: “Quando vi a terra ardente, qual fogueira de São João...” Essa expressão reporta para duas questões centrais do aquecer, elemento íntimo do que o amor constrói e oferece: o ardente e a fogueira! Mais ainda me chamou atenção, que a referência à São João deu-se na véspera do seu nascimento. Ele, conhecido pelos exegetas bíblicos, como precursor. O que veio antes do Mestre.  Antes do amor, sempre vem algo que o torna possível...

Creio que neste momento, e a vibração ainda vai se estender, o coração da Sol ainda está aquecido, clareado e, principalmente, ardente. “Toda Maria merece um bom João, como todo João merece uma boa Maria”! A minha impressão, com a energia dos “joãos”, e com a fortaleza do masculino, permite expressar a impressão que o caminho da Sol está suficientemente aplainado para o amor se consolidar e aquecer!  Amém...

*Dedico ao Sol, por nos iluminar e aquecer cotidianamente!

Saber Sistêmico
Ler matéria completa
Indicados para você