[ editar artigo]

Insights das aulas do módulo 1

Insights das aulas do módulo 1

Na primeira aula Olinda Guedes relatou sobre o histórico das constelações sistêmicas com Bert Hellinger uma frase que ela relatou que gostei muito é que a paz é realizada pela quantidade de amor que uma pessoa tem em seu coração.

Na segunda aula, Olinda Guedes falou sobre os fundamentos das constelações sistêmicas, onde ela observou ao longo da sua vida o ser humano e como ajudar através de Terapias para aliviar ou tratar suas dores ou seja seus sofrimentos.

Para Hellinger,  muitas vezes, o problema poderá estar em um trauma transgeracional. Quando uma pessoa morre a energia não acaba, somente se transforma, ela busca a luz, pois a luz prepondera sobre as sombras.

A memória é energia em espera para mudar, coloca-se essa energia em movimento trazendo a memória do passado para o agora para mudar a sequência desses movimentos fazendo a intervenção necessária colocando os representantes para trabalhar energia ou saber sistêmico através das constelações, e dos atendimentos clínicos terapêuticos, que tem-se mostrado fantástico nas constelações, pois  traz resultados positivos como; alegria, amor, paz, prosperidade e outros benefícios  na vida de um indivíduo ou um sistema.

Herdamos de nossos antepassados as lembranças boas ou más ou seja traumas ou dons.

Na aula três, Olinda relatou sobre o que é o campo nas constelações,  que o constelador se calibra para ampliar a consciência de si e do mundo, que o campo se apresenta.

Olinda Guedes diz que toda ciência é válida se estiver a serviço da vida.

Na aula quatro, falou o que é a técnica das constelações sistêmicas? a constelação é um instrumento usado de forma clínica para ajudar as pessoas. É preciso ter um cliente que apresenta um tema, ou sua intenção, vai identificar os elementos importantes que vão auxiliar mostrando para o cliente o sofrimento dele ou o problema. As relações olham para soluções dos problemas.

Na quinta aula, o assunto abordado foi sobre os princípios sistêmicos; de pertencimento, compensação e Ordem. Olinda relatou que pertencer é o primeiro princípio sistêmico, que é no pertencimento das comunidades de destinos ou seja conjuntos que fazem parte de um contexto seja para o bem ou para o mal. o segundo é a compensação deu o exemplo de quanto mais cuidar da planta mas ela vai produzir e compensar o cuidado a ela dedicado.

A ordem de se respeitar quem veio antes, traz o equilíbrio no amor, para ter prosperidade deve se respeitar a ordem de quem chegou antes.         

Cada aula da Olinda Guedes provoca sensações e sentimentos de amor, cura e conhecimentos indispensáveis para uma vida plena e feliz.

 

Carro de Boi: Março 2013

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você