[ editar artigo]

Leia e permita-se!

Leia e permita-se!

Quando a gente toca, dançamos com o corpo do outro. 

Expressamos nossos sentimentos e afetos e percebemos o que outro precisa.

Com o acalanto que ampara, traz a paz, permite o amor. 

É como a sutileza de um rio que corre e recobre as margens do que encontra.

Quando eu toco, procuro atingir o coração.

Quanto tocamos é sim a certeza de que tão próximos estamos.

O toque é amor...

O toque é permissão...

O toque é cura...

O toque aproxima e engrandece nossos corações. 

Um poema sobre Massagem Reparentalizadora Sistêmica. 

Letícia Bianchet 

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você