[ editar artigo]

Leonard Orr

Leonard Orr

 

Sempre prestei toda atenção nos sonhos, nossa mamãe sempre nos ouvia e contava os sonhos que tivera durante a noite. Era como um rito.   Creio realmente que temos algo muito forte das tradições judaicas. Ouvi dizer que as mães daquele povo sempre conversam com os filhos sobre o que sonharam.   Um café da manhã temperado por essas experiências é algo incrível. Vocês podem imaginar?

Então, uma certa noite, ao retornar de um curso de formação em Análise Transacional, em SP, com Edmea Pimentel do Rego Freitas e Roberto Shinyashiki e sua equipe, eu sonhei que estava numa casa dentro de um grande mar. Das janelas pequeninas da casa eu via o mar, suas ondas e águas cristalinas.  Ao acordar tive certeza que tinha acessado memórias de vida intrauterina e que deveria fazer a formação em Rebirthing ou Renascimento.  

Lá fui eu, foram sete meses, todas as semanas indo e vindo todas as terças-feiras para uma das maiores cidades do mundo. Não eram viagens fáceis, os ônibus nem sempre confortáveis, a estrada muito movimentada com tantos caminhões e esperanças.   

O tempo passou tão rápido.   Ao mesmo tempo foi o divisor de águas. Revisitei minha vida, com outro olhar, outras possibilidades.  

Aprendi uma ferramenta incrível, de cura, de transformação. 

Descobri que meus sonhos de criança são todos verdadeiros. Temos memórias de futuro, tanto quanto temos memórias de passado. Podemos voar, cantar, sorrir, experienciar milagres e somos imortais.

O tempo tem confirmado tudo isso. Em cada aurora.

Em cada fim também experiencio o escuro de tudo o que precisa ainda ganhar a luz.  E a luz chega. Porque Deus é bom,  Ele(a) é bom o tempo todo.  

Poderia escrever centenas de palavras aqui nesta declaração de amor e gratidão.

Porque Leonard Orr, deixou hoje pela manhã seu corpo físico. Agora ele mora além daquela forma, deixou aquela casa e voltou para outra Casa. E sei, porque sei, que cada palavra de amor, cada declaração do legado que alguém aqui constrói, é a melhor prece para esse acomodar-se numa nova dimensão da existência.

Ao Mestre da Respiração, da vida, da humildade, da simplicidade, da verdade, quero que chegue a minha gratidão por tanto e por tudo. Inclusive por ter nos abençoado com sua presença, suas palavras,  quando ainda estava morando neste corpo físico.

Seu Darshan (suas palavras) estão presentes aqui e agora em nossos corações.

Até todo o sempre. Om Namah Shivaya! Jay.

#avidaehumsopro

 

 

OLINDA GUEDES é mãe da Nina e Camila Maria, apaixonada pela vida, escreve com o coração o que cabe em palavras.  É mãe de mais outros cinco príncipes na terra, e quatro anjos no céu.

Publicou recentemente o livro "A Verdade Sobre o Sofrimento Humano"   

Conduz, no Instituto Anauê-Teiño, a Escola de Saberes Úteis. Uma iniciativa cujo objetivo é trocar saberes das diversas ciências com o propósito de uma vida mais feliz, próspera e saudável.

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
OLINDA GUEDES
OLINDA GUEDES Seguir

Oilá, gente linda! É uma boa história a minha vida... ainda temos muito a viver. A parte mais linda é ser "Mamain" das duas princesas Nina Maria, Camila Maria e dos cinco príncipes cavalheiros...

Ler conteúdo completo
Indicados para você