[ editar artigo]

Módulo 2 - O lugar certo, a ordem que liberta

Módulo 2 - O lugar certo, a ordem que liberta

A professora Olinda explica como a ordem sistêmica pode curar as lealdades e libertar nós dos emaranhamentos, que são considerados como sofrimentos desproporcionais ao contexto da realidade vivida.

O princípio da ordem, conforme adverte a orientadora Olinda, estabelece que cada um dentro do seu sistema (família) deve atuar de acordo com o papel que lhe cabe. Portanto, o pai deve desempenhar a função de pai, tal qual a mãe atuar como mãe, os filhos como filhos etc.

Muitas vezes nós trazemos memórias transgeracionais e comportamentos incompatíveis com o nosso papel sistêmico.  Aqui então surge o momento de descartar qualquer hábito nocivo ao nosso bem estar, isto é, a oportunidade de cura.

Neste sentido, o lugar certo, segundo a orientadora Olinda, sempre vai empoderar nós, livrando nós dos emaranhamentos e a vida flui em direção a felicidade e alegria.

Nas palavras de Hellinger, é necessário ser um pouco desleal à família, se um tem a harmonia em vista. Assim, essa deslealdade significa não seguir mais o caminho traçados pelos antepassados de dor e sofrimento, mas tomar rumo à harmonia e amor.

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Ler conteúdo completo
Indicados para você