[ editar artigo]

Não custa nada!

Não custa nada!

Não custa nada e vale muito!

Parece que quanto mais nós nos ligamos numa realidade externa, mais nos desconectamos da força da nossa família.

Algumas perguntas tem o poder de nos lembrar quão imenso é o circulo de amor, o quão pertencentes somos, tudo o que foi necessário para que a vida chegasse até nós:

Você sabe o nome dos seus avós, os pais de seus pais?

E dos avós de seus pais?

E dos pais de seus bisavós?

E sobre as profissões deles?

Quando nas famílias, as historias são recuperadas, são contadas, quando tudo é reconhecido e ganha um bom lugar no coração, essa sensação passa a existir: Sim, eu percebo, eu vejo, eu compreendo e honro você!

A historia, por exemplo dos europeus que, de repente, largaram tudo para trás, para fugir, porque tinha guerra, fome, ameaça. Eles vieram, tiveram coragem de entrar num navio, de vir para a floresta, para começar do zero, do nada. imagine os efeitos na vida de uma criança quando percebe a fé, a esperança, a coragem, a determinação e a perseverança de seus antepassados.

Podemos ajudar a recuperar o amor para que o aprendizado possa acontecer.

Quantas vezes chega ate nós uma criança que nunca escutou o acalanto? Enquanto ensinamos o que precisa ser aprendido, entre um conteúdo e outro, podemos ter atitudes curativas, inclusivas e pacificadoras.

Um acalanto é um tipo de música, de canção, que tem uma melodia e uma letra....

 

TRECHO DO LIVRO

O QUE TRAZ QUEM LEVAMOS PARA A ESCOLA? 

AUTORIA: OLINDA GUEDES

Saber Sistêmico - Comunidade da Constelação Familiar Sistêmica
Suzana Langner
Suzana Langner Seguir

Amor e perseverança

Ler conteúdo completo
Indicados para você